Hoje, sábado, 02 de julho, é dia do Hospital.

Neste, 02 de junho estamos no 183º centésimo octogésimo terceiro dia do ano. Temos pela frente 183 dias para concluir o ano de 2016.


O Dia do Hospital é celebrado no dia 2 de julho.
Não coincidentemente, escolheu-se celebrar o Dia do Hospital em 2 de julho porque foi quando o prédio da Santa Casa da Misericórdia foi fundado, em 1945. Porém, o Brasil tem uma data separada da do restante do mundo: o Dia Internacional do Hospital é celebrado em 14 de julho e foi instituído pela Organização Mundia da Saúde (OMS).
O hospital hoje faz parte de toda a sociedade, ocidental e oriental, uma vez que se faz extremamente necessário e insubstituível para a manutenção da vida e da saúde do ser humano. É nos hospitais que se curam doenças, se fazem partos e onde é possível realizar e se recuperar de uma cirurgia, por exemplo.
O SURGIMENTO DOS PRIMEIROS HOSPITAIS
Acredita-se que as primeiras localidades que se assemelhavam aos hospitais que conhecemos hoje começaram a surgir já na Antiguidade. Seu principal objetivo era tratar daqueles que eram feridos em guerra. As doenças de civis eram normalmente tratadas em casa, com médicos que se deslocavam até os pacientes e não o contrário, como é mais comum na atualidade.
Pinturas que datam de 2900 a.C. já retratavam estes locais que curavam os guerreiros, o que mostra que a necessidade por um espaço de cura e de descanso sempre existiu e apenas foi se acentuando com o tempo e as necessidades de saúde do ser humano.
Porém, apenas com a expansão do cristianismo é que se acredita que o conceito de hospital também se espalhou pelo mundo. Estes primeiros espaços de cura ofereciam abrigo e assistência tanto para os que se encontravam enfermos, como para aqueles que peregrinavam ou não tinham o que comer.
A partir daí é que se pode perceber uma mudança importantíssima no conceito de ?espaço de cura? que se tinha até então: o hospital passou a ser um lugar mais humanístico e comunitário do que era antes, na Antiguidade.
CELEBRANDO OS PROFISSIONAIS DE SAÚDE NO DIA 2 DE JULHO
Obviamente que o Dia do Hospital não existe para que se celebre a existência de um espaço ou prédio, mas sim, daqueles que são responsáveis por fazer essa organização funcionar para atender aos que precisam e estão com a saúde comprometida.
O primeiro hospital brasileiro foi criado apenas em 1945 (ainda que já existissem espaços que não eram de origem brasileira funcionando no país), que foi a Santa Casa de Misericórdia, na cidade de Santos, em São Paulo. As Santas Casas existem até hoje e estão espalhadas por todo o país, sendo a de São Paulo referência no estudo de medicina e vinculada à USP.
Hoje, o avanço na saúde é claro, mas ainda insuficiente: contando com mais de 6 mil hospitais, o Brasil ainda precisa melhorar suas políticas de saúde pública, estendendo o SUS e melhorando seus serviços.

24 hospitais no Brasil têm a certificação de excelência internacional que é concedida pela Joint Comission International (JCI). Os mais famosos são Hospital Albert Einstein, Hospital Nove de Julho e o Hospital das Clínicas, que é público e vinculado à USP, sendo um centro de pesquisas acadêmicas também.
Rogilson Brandão

Rogilson Brandão

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.