Ministério Público de Várzea Alegre recebe denúncia de corrupção contra Vereador.

No último dia (14/07), o Ministério Público do Município de Várzea Alegre, estado do Ceará recebeu denúncia de corrupção contra o vereador Antonio Gregório de Lima Neto (PT).
A denúncia relata que Gregório estaria comprando voto dos filiados, através da quitação de seus débitos que variam de 15 a 100 reais, na intenção de derrubar a pré-candidatura do vereador Antônio Sebastião e cumprir seu acordo com o candidato José Helder – PMDB.
No último dia 12 de julho Gregório protocolou pedido de apoio a candidatura do ex-prefeito e pré-candidato José Helder de Carvalho – PMBD, para avaliação dos filados do partido no encontro municipal da sigla que está marcado para o dia 18 de julho.
A denúncia faz sérias revelações, com relação a quantia de mais de 5 mil reais que teria colocado  mais de 70 filiados em dias passando de 24 aptos para 94, um número acima do quorum do encontro que seria de 63 filiados. O dinheiro teria sido repassado pelo Senador Eunício Oliveira, investigado por corrupção na lava jato, a pedido do pré-candidato José Helder.
ENTENDA A NOTÍCIA:
O partido dos trabalhadores do município de Várzea Alegre ficou dividido em seu posicionamento com relação às eleições de 2016. Tudo isso aconteceu devido uma divisão no grupo que o PT vinha apoiando a quase 12 anos, sendo 8 anos do ex-prefeito José Helder Máximo de Carvalho e quase 4 anos do prefeito Vanderlei Freire.
Alguns petistas defendiam coligação com o ex-prefeito outros com o atual, chegaram até a lançar candidatura própria do vereador Antônio Sebastião Neto, que depois foi rejeitada por alguns membros que estariam sendo pressionados pelo Pmdbista.

Fonte e Foto: Ceará Agora
Rogilson Brandão

Rogilson Brandão

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.