Quadrilha se aproveitava da crise que tem gerado milhares de desempregados para aplicar golpe do falso emprego.

Em um momento que a economia cortou mais de meio milhão de empregos no primeiro semestre, tem gente se aproveitando do desespero das pessoas sem emprego para aplicar o golpe do falso emprego. O anúncio de vagas é publicado em jornais, mas quando o candidato liga, cai em uma armadilha.
O anúncio diz que é preciso fazer um curso à distância para concorrer à vaga. O curso é pago. O candidato paga a taxa de inscrição e aí descobre que caiu nessa armadilha.
A polícia ainda procura o chefe da quadrilha que aplicava o golpe do falso emprego em porteiros e diaristas de pelo menos seis estados do Brasil.

G1 Ce

                                                                    VÍDEO:

Rogilson Brandão

Rogilson Brandão

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.