Uruburetama: mãe aborta e enterra o feto de cinco meses no quintal da própria casa.

Uma ocorrência registrada pela polícia de Uruburetama deixou chocada a população deste município. Uma mulher abortou e enterrou o feto de cinco meses no quintal da própria casa. O caso vinha sendo investigado pela polícia desde o início de junho quando uma denuncia foi feita na delegacia da cidade. Os policiais civis da delegacia de Uruburetama, sob o comando do Delegado Regional de Itapipoca Dr. Marcos Aurélio concluíram o inquérito, após ouvir testemunhas e acusados do crime. Nesta segunda-feira(08) a perícia foi acionada e o feto exumado do quintal da casa do casal que fica na localidade Canto Escuro. A mãe da criança e o Pai juntamente com mais duas pessoas foram indiciados. Na delegacia o casal afirmou que o aborto foi espontâneo, a mãe teria sido levada para o hospital de Itapipoca e após os procedimentos retornado para casa com o feto dentro de uma caixa. O casal está em liberdade aguardando o pronunciamento da justiça.

Fonte: Maikon Rios
Rogilson Brandão

Rogilson Brandão

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.