Ceará já registrou 51 ataques a bancos e carros-fortes só neste ano.

Cinquenta e um ataques contra instituições financeiras (bancos e carros-fortes) foram registrados, até ontem, no Ceará. O número é superior a igual período do ano passado quando ocorreram 46 ações criminosas, o que representa aumento de 10,8 %, conforme levantamento do jornal com base em informações da Polícia e do relatório do Sindicato dos Bancários do Ceará.
A última ação aconteceu na madrugada de ontem, no município de Tamboril, distante 300Km de Fortaleza. De acordo com a Polícia, um grupo fortemente armado tentou explodir a agência da Caixa Econômica Federal (CEF). A ação não foi concluída porque o bando não conseguiu abrir o cofre. Várias 'bananas' de dinamite foram deixadas no interior da agência sem serem detonadas.
No momento em que uma parte da quadrilha tentava levar o dinheiro da Caixa, uma outra foi até o Destacamento da Polícia e atirou contra a viatura da PM que atua no município, impedindo a ação dos militares.
De acordo com o tenente-coronel Natanel Cavalcante, os danos materiais na agência foram apenas algumas vidraças quebradas e portas arrombadas. "Eles chegaram a colocar dinamites no local, mas nenhuma foi detonada. Sabemos que nada foi levado", destacou o oficial.

Ainda na ação, o bando tomou de assalto um carro pertencente a um candidato a vereador da cidade, um veículo Toyota Corolla. A Polícia suspeita que dez homens tenham participado da ação. O caso será investigado pela Delegacia de Repressão a Crimes Contra o Patrimônio (Delepat), da Polícia Federal (PF).
Rogilson Brandão

Rogilson Brandão

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.