Energia elétrica ficará mais barata em horários de pouco uso.

Os consumidores de energia elétrica poderão pagar menos ao consumir fora dos horários de uso mais intenso, de acordo com divulgado pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). A agência indicou que isso entrará em vigor a partir de 1º de janeiro de 2018.
A opção da tarifa branca, como deverá ser chamada, poderá ser usada inicialmente apenas por quem tiver consumo anual superior a 500 kWh mensais. A partir de 2019, poderá ser usada também pelos que tiverem consumo maior que 250 kWh por mês.
Essa estratégia foi criada no ano de 2011, mas havia sido adiada. Conforme informou a Aneel, o primeiro modelo do medidor que será usado para definir os horários da tarifa branca foi aprovado pelo Inmetro em junho deste ano. Há outros 18 processos em vias de serem analisados.
O horário de pico (em que não se poderá pagar menos pela energia) deve variar de acordo com a distribuidora, mas acontecerá durante a noite. A regra é de que esse horário dure três horas.

Redação O POVO Online
Rogilson Brandão

Rogilson Brandão

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.