Irregularidades: TSE recebeu já recebeu mais de 32 mil denúncias.

A sete dias das eleições municipais, a Justiça Eleitoral já recebeu 32.070 registros pelo aplicativo Pardal, que permite que os eleitores de todo País façam denúncias de propaganda eleitoral irregular, tanto nas ruas como na internet e em veículos de comunicação. A ferramenta foi lançada pelo presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Gilmar Mendes, no dia 18 de agosto, logo após o início da campanha. Além da propaganda irregular, também é possível denunciar outras irregularidades como compra de votos, uso da máquina administrativa ou gastos irregulares. As denúncias que envolvem a propaganda eleitoral somam 51,93% dos registros.
Segundo o TSE, por ser o Estado mais populoso e com o maior número de eleitores e de candidatos, São Paulo é recordista de denúncias com 6.444 registros.
Em seguida aparece o Espírito Santo, com 3.160 denúncias. Pernambuco está em terceiro lugar, com 2.841 registros. De olho na conectividade cada vez maior dos brasileiros, o TSE desenvolveu 11 aplicativos para smartphones e tablets para que os eleitores participem mais ativamente do processo eleitoral deste ano.
EVOLUÇÃO
Com os apps, é possível acompanhar o resultado das eleições municipais, fazer denúncias de irregularidades e até participar da verificação do número de votos registrados nas urnas.
"Desde que o processo se tornou informatizado, há 20 anos, o compromisso da Justiça Eleitoral é justamente utilizar os recursos e as funcionalidades que a tecnologia proporciona e evoluir o processo eleitoral na mesma velocidade que evolui a tecnologia", diz o secretário de Tecnologia da Informação do TSE, Giuseppe Janino.
Já estão disponíveis para as plataformas IOS e Android os apps: Pardal, Candidaturas, Mesários, Agenda JE, e JE Processos. Serão disponibilizados nos próximos dias: Eleições 2016, Onde votar ou justificar, Boletim na Mão, Resultados, QRUEL (para servidores da Justiça Eleitoral); e Checkup da urna (para técnicos da Justiça Eleitoral).
BALANÇO
Em três semanas, o aplicativo já recebeu mais de 25 mil registros de irregularidades de todo o País. Janino estima que o número de denúncias deve subir com a proximidade das eleições, mas destaca que mais importante que isso é o caráter pedagógico das denúncias.
"Sabendo que está sendo vigiado pelo cidadão, o candidato tem um comportamento adequado ao que prevê a lei", diz.
O primeiro turno das eleições municipais acontece no próximo domingo (2), a partir das 8h.

Fonte: Diário do Nordeste
Rogilson Brandão

Rogilson Brandão

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.