Adolescente é encontrado morto dentro de colégio estadual ocupado

Segundo a Sesp, rapaz foi morto por um colega após uso de droga. 
Crime aconteceu na tarde de ontem segunda-feira (24), em Curitiba.

Um adolescente de 16 anos foi encontrado morto na tarde desta segunda-feira (24) com facadas no pescoço e no tórax na Escola Estadual Santa Felicidade, que está ocupada por estudantes, em Curitiba, de acordo com a Polícia Militar (PM).
A vítima é o estudante Lucas Eduardo Araújo Mota. Mais cedo, o Governo do Paraná havia dito que o sobrenome dele era Araújo Lopes. A Secretaria de Estado de Segurança Pública e Administração Penitenciária (Sesp) informou que o adolescente era aluno da Escola Estadual Santa Felicidade.
O secretário de Segurança do Paraná, Wagner Mesquita, disse que Lucas e outro aluno da escola, de 17 anos, dividiram uma droga sintética e depois se desentenderam. O colega matou Lucas com uma faca de cozinha, conforme o secretário.
O suspeito pulou o muro do colégio estadual e fugiu, sendo apreendido na casa onde mora, no bairro Santa Felicidade. Ele foi levado à Delegacia do Adolescente para prestar depoimento. Ainda segundo o secretário, o rapaz confessou o crime.

"A polícia constatou lá no local de crime que esses dois menores são alunos da escola, amigos de infância. Eles dividiram na tarde de hoje uma cápsula de droga sintética, que eles chamam de balinha. E, então, os dois entraram em estado alterado pelo uso dessa droga e começaram então a se diferenciar do grupo. Os outros menores ocupantes da escola teriam solicitado que eles se afastassem, e eles foram para um alojamento, um lugar apartado dos demais. Neste local, teria havido uma discussão entre eles. O menor que foi vítima teria partido para violência em cima do menor autor, que estava de porte de uma faca de cozinha no bolso. Então, teria tentado se defender e aí utilizou então a faca na defesa, proferiu então um golpe da região do pescoço e outros golpes também, então vindo a ferir de morte o menor vítima. Na sequência, ele abandonou a faca no local, pulou a janela e depois pulou o muro. A fuga dele foi presenciada pelos demais menores", afirmou Wagner Mesquita.
O secretário disse que os dois estudantes participavam da ocupação da Escola Estadual Santa Felicidade. Já o movimento Ocupa Paraná relatou que Lucas não ocupava o colégio
O governador Beto Richa (PSDB) emitiu uma nota de pesar pela morte do adolescente.
O movimento Ocupa Paraná, o Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública do Paraná (APP- Sindicato), a Secretaria de Estado da Educação (Seed), o Ministério Público do Paraná (MP-PR) e a Procuradoria-Geral do Estado do Paraná (PGE-PR) também se manifestaram por meio de nota.

Fonte: G1.globo.com
Rogilson Brandão

Rogilson Brandão

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.