Homem é impedido de votar no Ceará porque havia sido declarado morto.

Um caso estranho aconteceu na tarde deste domingo (02), em Juazeiro do Norte. Um senhor de nome Cícero Antônio Oliveira dos Santos, de 40 anos, foi impedido de votar por um motivo, no mínimo curioso. Ele foi declarado morto junto a justiça eleitoral.
No Cartório Eleitoral o senhor Cícero se identificou e provou que estava vivo. O eleitor vota na sessão 144, no Sítio Leite, em Juazeiro e fez o recadastramento biométrico. Segundo funcionários do Cartório Eleitoral, ele foi declarado morto no ano passado pelo Cartório Maria Júlia, no Crato. Cícero Antônio reside no Sítio Catolé, próximo ao Horto. No Cartório Eleitoral a avaliação é que trata de um caso de homônimos. Para Cícero a situação é ruim porque foi impedido de votar sem ter culpa alguma pelo engano.

Fonte: Site Miséria
Rogilson Brandão

Rogilson Brandão

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.