PEC 241 e reforma da previdência são rejeitadas por 80% dos brasileiros, diz Vox Populi.

A última pesquisa da CUT/Vox Populi mostra que 80% dos trabalhadores do campo e da cidade rejeitam a proposta de aumentar a idade mínima para 65 anos com, no mínimo, 25 anos de contribuição. Outros 15% concordam com o arrocho previdenciário, 4% nem concorda nem discorda e 2% não sabem, não têm opinião ou não responderam.
Já 70% dos entrevistados são contrários a PEC 241, que congela gastos públicos. Só 19% concordam com e aprovação da medida, 6% é indiferente – nem concorda nem discorda – e 5% não sabem, não responderam ou não têm opinião formada.
PIORA DA AVALIAÇÃO DE TEMER COMO PRESIDENTE
Temer é mal avaliado por 74% dos brasileiros. Só 11% avaliam Temer de maneira positiva e 15% não sabem ou não responderam.
No Nordeste, Temer é avaliado negativamente por 46% dos entrevistados, 32% acham seu governo regular. Apenas 8% dos nordestinos o avaliam de forma positiva.
A expectativa de como o Brasil vai ficar no governo também piorou no Nordeste. Enquanto o Brasil se dividiu – 33% acreditam que vai piorar e o mesmo percentual acham que vai melhorar -, o Nordeste foi taxativo: para 50% vai piorar.
A pesquisa CUT/Vox Populi foi realizada depois do resultado das eleições, entre os dias 9 e 13 de outubro. Foram entrevistadas 2 mil pessoas com idade superior a 16 anos no Distrito Federal e em todos os estados brasileiros, exceto Roraima. Foram ouvidos todos os segmentos econômicos e demográficos em 116 municípios.
A pesquisa avaliou sentimentos e opiniões da população brasileiros a respeito de questões políticas e administrativas e a margem de erro é de 2,2%, estimada em um intervalo de confiança de 95%.

Com CUT/ Ceará Agora
Rogilson Brandão

Rogilson Brandão

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.