Para Ciro Gomes, Eunício Oliveira 'vai cair' antes de se eleger presidente do Senado.

Fortaleza - Pré-candidato à Presidência da República em 2018, o ex-ministro Ciro Gomes (PDT) afirmou neste domingo que o senador cearense Eunício Oliveira, "vai cair" antes de conseguir se eleger presidente do Senado. Eunício é líder do PMDB na Casa e um dos principais nomes cotados para suceder o atual presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), em fevereiro de 2017.
"Acho que ele vai cair antes de assumir, e eu vou ajudar", afirmou Ciro ao Broadcast Político, após votar na Secretaria da Saúde do Estado do Ceará, no bairro Praia de Iracema, em Fortaleza. O ex-ministro estava acompanhado do prefeito da cidade, Roberto Cláudio (PDT), que tenta reeleição, e do governador do Estado, Camilo Santana (PT). Ciro e Santana são os principais apoiadores de Cláudio.
O ex-ministro disse acreditar que Eunício "cairá" pela Operação Lava Isto, que investiga atos de corrupção na Petrobras. De acordo com Ciro, empresas ligadas ao líder do PMDB no Senado têm cerca de R$ 1 bilhão em contratos com a petrolífera. "A Lava Jato vai pegar ele", afirmou. Na capital cearense, Eunício apoia o candidato adversário do prefeito, o deputado estadual Capitão Wagner (PR).
Morto
Na entrevista, Ciro afirmou ainda que o senador Tasso Jereissati (PSDB-CE), também apoiador de Wagner, "morreu" para ele. "Para mim ele morreu. Ele quis entregar o Estado para o Eunício e agora quer entregar Fortaleza a um policial", disse. O ex-ministro foi aliado de Tasso durante muitos anos. Os dois fundaram o PSDB no Ceará, em 1988. 
Fonte: Estadão
http://politica.estadao.com.br/noticias/eleicoes,para-ciro-gomes-eunicio-oliveira-vai-cair-antes-de-se-eleger-presidente-do-senado,10000085428
Rogilson Brandão

Rogilson Brandão

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.