Em Itapajé: Justiça determina bloqueio de bens de Ciro Braga e de alguns dos secretários em sua gestão.

Ontem segunda feira (12/12) o Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Itapajé (SISPUMI) emitiu uma nota em seu site informando que:
A Juíza da 2ª Vara da Comarca de Itapajé, Drª Danielle Estevam, expediu um decreto tornando indisponível os bens móveis, imóveis e ativos financeiros do prefeito afastado Ciro Braga e de todos que estavam no primeiro escalão administrativo de sua gestão. No decreto a Magistrada estabelece que a indisponibilidade de bens deve recair sobre o patrimônio dos agentes, ainda que adquiridos anteriormente à prática do suposto ato de improbidade, de modo suficiente a garantir o integral ressarcimento de eventual prejuízo ao Erário, levando-se em consideração, ainda, o valor de possível multa civil aplicada como sanção autônoma. Este decreto se dá mediante a uma Ação Civil Pública impetrada pelo Ministério Público após denúncia conjunta feita pelo SISPUMI e CAPESI em relação à dívida do município com o regime próprio de previdência.
Fonte: SISPUMI

Rogilson Brandão

Rogilson Brandão

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.