Assassinatos de agentes da Segurança Pública aumentaram 126 por cento entre 2015 e 2016


Os repetidos casos de mortes de policiais nas ruas de Fortaleza e no Interior desafiam o Governo

Em apenas um ano, o número de agentes da Segurança Pública mortos no Ceará teve um aumento de 126,6 por cento. Esta “explosão” no assassinato de policiais civis e militares e agentes penitenciários deixa o Ceará no ranking daqueles com maiores baixas de servidores do setor.  Somente nos dois primeiros anos da gestão de Camilo Santana (PT) à frente do Governo, nada menos, que 49 agentes foram executados, um recorde na história do Estado.
No ano passado, foram 34 agentes da Segurança assassinados no Ceará, sendo 26 policiais militares (PMs), dois policiais civis (um inspetor e um escrivão), um delegado da Polícia Civil, três agentes penitenciários e dois policiais rodoviários federais.  Enquanto em 2015, foram 15 (10 PMs e dois policiais civis).
Se comparado 2016 a anos anteriores a 2015, essa taxa de crescimento de mortes de agentes aumenta ainda mais, pois em 2014 foram registrados “apenas” nove baixas na Polícia. Em 2013 (13), 2012 (12), 2011 (16), 2010 (19), 2009 (4) e 2008 (13).

A maioria dos policiais mortos em 2016 estava de folga no momento em que foram executados e a maioria absoluta dos casos ocorreu quando os agentes reagiram ao ataque de assaltantes, o que caracterizou o crime de latrocínio (roubo seguido de morte).

De serviço

No entanto, também em 2016 aumentaram os casos de policiais mortos em serviço. Foram, ao menos, nove casos. O mais emblemático aconteceu na tarde de 30 de junho, quando três militares que estavam patrulhando a cidade de Quixadá, no Sertão Central (a 154Km de Fortaleza)  acabaram sendo mortos por uma quadrilha que planejava atacar um carro-forte nos arredores da sede Municipal.

Foi no Distrito de Juatama, onde tombaram mortos, fardados, o sargento Francisco Guanabara Filho, o cabo Antônio Joel de Oliveira Pinto e o soldado Antônio Alves Filho.

Outro que morreu em serviço – e foi o primeiro do ano passado – foi o soldado PM Hudson Danilo de Oliveira, lotado no Destacamento do Município de Jaguaretama (a 241Km de Fortaleza). Na tarde de 7 de janeiro, ele estava numa patrulha que foi averiguar a denúncia de um assalto a uma fazenda nos arredores daquela cidade. Ao chegar no local, a equipe foi recebida a tiros de fuzil pelos ladrões. Hudson sofreu um tiro no rosto e morreu dois dias depois no Instituto Doutor José Frota (IJF-Centro), em Fortaleza.

Um membro do oficialato da PM também morreu em serviço. Era o 1º tenente Marcos Paulo Lira Ribeiro, subcomandante da 1ª Companhia do 5º BPM. Fardado, ele entrou numa loja de celulares no bairro Montese no momento em que estava acontecendo um assalto e acabou sendo baleado  e mortos por um dos ladrões.

Outro PM morto em serviço foi o soldado Fábio Romeu Morais de Lima, 30 anos, cuja patrulha do Ronda do Quarteirão de Limoeiro do Norte (a 203Km da Capital), foi acionada para ir averiguar a ação de uma quadrilha que iniciava um roubo no depósito de uma loja. Era a madrugada do dia 4 de novembro.

Quando a patrulha chegou no local, os bandidos se dispersaram e alguns deles decidiram atirar contra os policiais.  Fábio foi baleado na cabeça e morreu ali mesmo.

Também morreu em serviço, o sargento PM George de Sousa e Silva, que era destacado na guarda da Casa do Albergado da cidade de Sobral, na Região Norte do Estado (a 224Km de Fortaleza). Detentos que haviam planejado uma fuga daquela unidade criaram uma rixa com o PM quando este soube do plano e impediu sua concretização. Na madrugada do dia 15 de novembro, o militar estava de serviço quando foi morto a tiros.

Veja a  seguir a relação dos policiais mortos nos anos de 2015 e 2016 no Ceará:

POLICIAIS e AGENTES PENITENCIÁRIOS MORTOS NO CEARÁ EM 2015

01 (14.01) – SAMUEL RODRIGUES TABOSA, soldado da PM, morto em tentativa de assalto na porta de casa, no Conjunto Prefeito José Walter.

02  (28.01) – TONY ÍTALO LIMA PINHEIRO, inspetor da Polícia Civil, baleado em uma tentativa de assalto na Rua Monsenhor Salazar, no bairro São João do Tauape. Morreu três dias depois.

03  (02.03) – SELBIANO FREIRE BARROSO, soldado PM morto em um assalto nas dependências de um cartório no bairro Maraponga.

04 (08.06) – ANTÔNIO MÁRCIO RIOS DE SOUSA, inspetor da Polícia Civil, morto a tiros por bandidos durante assalto a uma lan house no bairro Monte Castelo , em Fortaleza.2

05  (12.06) – MARIA GORETE DE OLIVEIRA, inspetora da Polícia Civil, assassinada a tiros por um assaltante na Avenida José Leon, no bairro Parque Manibura.

06  (24.06) – DOUGLAS DOS SANTOS SILVA, soldado PM, assassinado por bandidos na Rua Riacho Doce, no bairro Mondubim. Caso sob investigação 

07 (31.07) - JESSÉ DE MOURA FREIRE NETO, subtenente PM assassinado durante uma tentativa de assalto no Centro de Fortaleza.

08 (03.08) – LUCIANO TAVARES SIMÕES, sargento PM, 64 anos, da Reserva, assassinado e tem o corpo carbonizado na cidade de Russas.

09 (14.08) – CÍCERO SOARES, soldado PM, faleceu em decorrência de tiros sofridos aos reagir a um assalto em um supermercado na cidade de Barbalha, no dia 4.8.2015

10 (29.08) – JOÃO AUGUSTO DA SILVA FILHO, ex-sargento PM, conhecido por “Joãozinho Catanã”, assassinado, a tiros, na porta de sua casa, no bairro Dom Lustosa. A Polícia suspeita de vingança. Ele era suspeito de chefiar uma milícia ligadas à  vigilância clandestina.

11 (08.09) – LUÍS GOMES PLÁCIDO, 54 anos, sargento da Reserva da PM assassinado a golpes de faca em um suposto crime passional na localidade de Garrote, no Município de CAUCAIA. O acusado, Fernando Antônio Sousa Dias, preso em flagrante.


12 (08.10)  PAULO ROBERTO COSME BEZERRA, 44 anos, escrivão da Polícia Civil do Ceará, lotado na Delegacia Municipal de Pacajus, foi assassinado, a tiros, quando se encontrava em um restaurante na Avenida Washington Soares, no bairro Messejana. Suposta pistolagem.

13 (11.11) – VALTEMBERG CHAVES SERPA,  Soldado da Polícia Militar, destacado no 16º BPM (Messejana), foi morto, com um tiro na cabeça, durante uma tentativa de assalto no campo da Uniclinic, no bairro Lagoa Redonda.

14 (14.11) – JOSÉ MARQUES FERREIRA, Cabo da PM,  destacado no Tribunal de Justiça do Estado, tentou intervir no assalto a uma agência lotérica e foi morto a tiros. Crime ocorreu na Avenida Lineu Machado, no bairro João XXIII, em Fortaleza.

15 (31.12) – ANTÔNIO ROBÉRIO DE OLIVEIRA, Policial civil do Distrito Federal, cearense. Foi assassinado, a tiros, ao reagir a um assalto em BEBERIBE, onde passava férias com a família. Bandidos atiraram contra o agente.

 POLICIAIS E AGENTES PENITENCIÁRIOS MORTOS NO CEARÁ EM 2016

01 (07.01) – HUDSON DANILO DE OLIVEIRA, policial militar, soldado, baleado por assaltantes durante uma ocorrência de roubo em uma fazenda na zona rural de Jaguaretama.

02  (19.01) – BENEDITO GOMES ASSUNÇÃO, subtenente, baleado e morto durante uma briga de trânsito na cidade de Juazeiro do Norte. Dois suspeitos do crime foram presos.

03 (28.01) – JOSÉ EUDES DA SILVA MONTE,  policial militar, na graduação de sargento, morto a tiros durante assalto a um coletivo no bairro Conjunto Ceará.

04 (12.02) – AUGUSTO HERBERT FÉLIX, policial militar, destacado no BPRaio, morto numa tentativa de assalto na Travessa Santo Amaro, no bairro Pici.

05 (19.02) – CARLOS HERBÊNIO ALMEIDA BEZERRA, subtenente, comandante do Destacamento da PM na cidade de Jaguaretama. Morto por bandidos quando fazia cooper.

06 (06.04) – ÁLISSON PAULINELLI MEDEIROS DE MENDONÇA, policial civil (inspetor), assassinado por bandidos durante uma tentativa de assalto no bairro Cidade dos Funcionários, em Fortaleza. Ele matou um dos ladrões.

07 (18.04) – FRANCISCO WELLINGTON DA SILVA, policial militar, subtenente da PM, morto a tiros durante assalto dentro da agência do Bradesco de Pacajus.

08 (24.04) – MARCELO ANDRADE VIANA, policial militar (soldado), destacado na Cavalaria, estava em Licença para Tratamento de Saúde (LTS), morreu numa troca de tiros com colegas de farda, na Barra do Ceará. Atirava no portão da casa da ex-esposa e reagiu na chegada de uma patrulha do Ronda do Quarteirão. Morte considerada suspeita.

09 (07.05) – ANTÔNIO ANDERSON DO NASCIMENTO, 25, soldado destacado em Alcântaras, foi morto, a tiros, na cidade de Sobral, ao tentar evitar um homicídio no bairro Sinhá Sabóia.

10 (08.05) – JOSÉ ROBERTO LEMOS - policial militar (soldado), destacado no BPRAIO da cidade de Juazeiro do Norte, morto numa troca de tiros com traficantes em um bar no bairro Aparecida, na periferia da cidade de Campos Sales.

11 (23.05) – EVANDRO ALVES RAMOS, Soldado da Reserva Remunerada da Polícia Militar, baleado e morto durante um jogo de baralho em um bar na Rua Professora Maria Clara, no bairro Jardim Iracema.

12 (10.6) – JOSÉ FARIAS DO NASCIMENTO – Sargento da Reserva da PM, morto a tiros ao entrar em uma loja situada no bairro Santa Teresa, na cidade de Juazeiro do Norte.

13 (30.06) – FRANCISCO GUANABARA FILHO – Sargento da Ativa da PM, destacado no 9º BPM, em Quixadá, morto s tiros de fuzil no Distrito de Juatama, por volta das 17h30, por uma quadrilha que planejava atacar um carro-forte. Ele fazia parte de uma patrulha da FTA.

14 (30.06) – ANTÔNIO JOEL DE OLIVEIRA PINTO – Cabo da Ativa da PM, destacado no 9º BPM, em Quixadá, morto s tiros de fuzil no Distrito de Juatama, por volta das 17h30, por uma quadrilha que planejava atacar um carro-forte. Ele fazia parte de uma patrulha da FTA.

15 (30.06) – ANTÔNIO ALVES FILHO – Soldado da Ativa da PM, destacado no 9º BPM, em Quixadá, morto s tiros de fuzil no Distrito de Juatama, por volta das 17h30, por uma quadrilha que planejava atacar um carro-forte. Ele fazia parte de uma patrulha da FTA.

16 (1.07) – MARCOS PAULO ANDRADE DA ROCHA – Subtenente, afastado das funções, morto a tiros dentro de um bar no bairro Conjunto Palmeiras, por uma dupla que fugiu de moto.

17 (2.07) – ANDRÉ NOGUEIRA PIRES – Agente penitenciário assassinado por um assaltante na Rua Jorge Dummar, no bairro Jardim América, em Fortaleza. Teve sua arma roubada, o que caracterizou o crime de latrocínio.

18 (15.7) – FRANCISCO MOÉSIO PINHEIRO BARBOSA – Sargento da reservada Remunerada da PM, baleado numa tentativa de assalto no bairro Carrapicho, em Caucaia.


19 (2.8) – JOSILEUDO LEITE DA SILVA – Agente penitenciário morto por assaltantes ao tentar impedir uma “chegadinha” bancária na porta da agência do Bradesco, na esquina das ruas Major Facundo e Senador Alencar, no Centro de Fortaleza.

20 (04.8) – FRANCISCO EDNARDO MENEZES DE SOUSA – 1º Sargento da Ativa da PM, destacado no Batalhão de Eventos (BPE), morto na porta de casa, na Rua Isaías Pereira, bairro Maraponga, em Fortaleza, durante uma tentativa de roubo seguida de tiroteio. Um dos bandidos também morreu – FRANCISCO ANDERSON NUNES BRANDÃO, 26 anos. A esposa do PM ficou ferida com um tiro na perna.

21 – (12.8) – SAMUEL DAVID NOGUEIRA MORAIS – Soldado da Ativa da Polícia Militar, Destacado no Ronda do Quarteirão (Conjunto Ceará/Capital), foi baleado e morto por assaltantes (na presença do filho de 5 anos), numa abordagem na Rua Araripe Prata, no bairro Parangaba. Ladrões roubaram o carro e a arma da vítima (latrocínio).

22 – (20.8) – JOSÉ CLÁUDIO NOGUEIRA – Inspetor da Polícia Civil, lotado na Delegacia Regional de Senador Pompeu, 51 anos, morto a tiros por pistoleiros na CE-156, na localidade de Inharé, na zona rural. Vítima atingida por vários tiros dentro de seu carro.

23 – (08.9) – JOSÉ ADAÍLSON FERREIRA DO NASCIMENTO, 68 anos, sargento da Reserva da PM, assassinado durante um assalto na localidade de Felipa de Cima, na zona rural do Município de Morada Nova. Foi atingido por três tiros.

24 – (14.10) – MARCOS PAULO LIRA RIBEIRO, 32 anos, 1º Tenente da Polícia Militar, subcomandante da 1ª Companhia do 5º BPM (Centro), foi assassinado por bandidos durante um assalto a uma loja de celulares no bairro Jardim América, na Capital.

25 – (4.11) – FÁBIO ROMEU MORAIS DE LIMA, 30 anos, cabo da PM, destacado na 4ª Companhia do 1º BPM, na cidade de Limoeiro do Norte. Foi morto de serviço quando sua patrulha foi prender uma quadrilha que iria arrombar a Loja Zenir, em Limoeiro. Cinco bandidos também foram mortos.

26 – (6.11) – LEOMAR SARAIVA DE AQUINO, 73 anos, policial rodoviário federal aposentado, morto  a tiros em uma tentativa de assalto em sua residência, na Rua Jamacaru, Conjunto Almirante Tamandaré, no bairro Jangurussu, em Fortaleza.

27 – (11.11) – CARLOS ALBERTO RIBEIRO GOMES, 54 anos, policial militar (soldado), que estava afastado das funções, assassinado a tiros, dentro de seu veículo,  na Rua Antônio Gonçalves, no bairro Parque Leblon, no Município de Caucaia, na RMF.

28 – (12.11) – GILMAR DE ALMEIDA QUEIROZ, 36 anos, soldado da PM, lotado na 2ª Companhia do 8º BPCom (Ronda do Quarteirão), assassinado a tiros, na porta de casa, na cidade de Horizonte, numa tentativa de assalto.

29 – (15.11) – GEORGE DE SOUSA E SILVA, 40 anos, sargento da Polícia Militar, da Ativa, morto de serviço na Casa do Albergado da cidade de Sobral. Foi atingido por vários tiros.

30 – (15.11) – AUDÍZIO FERREIRA SANTIAGO, 57 anos, delegado da Polícia Civil, morto por assaltantes no bairro Maraponga. Foi atingido com um tiro no rosto durante assalto.

31 – (19.11) – PAULO ROLNEY VIDAL, 37 anos, policial rodoviário federal, assassinado, a tiros, por assaltantes na Capital. Crime ocorreu na Rua Coronel Solon, no Bairro de Fátima. Dois bandidos trocaram tiros com o policial e também foram feridos e presos.

32 – (25.11) – REGINALDO SOARES DA SILVA, 34 anos, agente penitenciário, pertencente ao GAP (Grupo de Apoio Penitenciário), morto a tiros na porta de casa, na Rua Generosa, em um condomínio no bairro BOM JARDIM.

33 – (8.12) – NEUTON TORRES DE ARRUDA JÚNIOR, 38 anos, ex-soldado da PM, morto a tiros, ao reagir e a um assalto na Rua Carlos de Barros, no bairro Vila Peri, em Fortaleza. Bandidos roubaram sua motocicleta. Crime de latrocínio.

34 – (16-12) – DEYJAKSON ARAÚJO DE VIVEIROS, 32 anos, pernambucano, soldado do Ronda do Crato, morto por assaltantes durante um roubo em uma topique no bairro Lagoa Seca, na cidade de Juazeiro do Norte. Estava fardado e retornava do trabalho. (latrocínio)
Fonte: Blog do Fernando Ribeiro
Rogilson Brandão

Rogilson Brandão

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.