Casa Militar presta homenagem ao Dia do Ceará

A data do Dia do Ceará é celebrada por lei estadual em todos os órgãos e entidades públicas cearenses


Nesta terça-feira, dia 17 de janeiro, o Estado do Ceará comemora os 218 anos da sua emancipação oficial de Pernambuco. A data do Dia do Ceará é celebrada por lei estadual, desde 2004, de forma obrigatória em todos os órgãos e entidades públicas cearenses. No Palácio da Abolição, durante o início da manhã, a Casa Militar realizou evento com hasteamento das bandeiras do país e do Estado. 

Com a participação da banda da Polícia Militar, a celebração do Dia do Ceará teva abertura com o Hino Nacional Brasileiro, Hino do Estado do Ceará, dentre outras músicas para celebração da memória histórica para o povo cearense. 
Coordenador de Ajudância de Ordens, Cerimonial e Protocolo da Casa Militar, o tenente-coronel Ricardo de Almeida Porto lembra que o  hasteamento do pavilhão nacional é prática militar diária, porém traz uma roupagem especial para todos os dias 17 de janeiro há 12 anos. 

"Desde que foi estabelecida a lei do Dia do Ceará, que nos traz a data histórica em que o Estado do Ceará se desvincula administrativamente da Província de Pernambuco, todos os estabelecimentos públicos tem a obrigação de prestar homenagem a esta data. Aqui, no Palácio da Abolição, nós não poderíamos deixar de fazer essa comemoração. Reunimos deste modo a Casa Militar e sua tropa para prestar todas as homenagens", explica.

Por meio da lei nº13.470, de maio de 2004, ficou instituído para 17 de janeiro a data comemorativa que referencia o dia em que o Ceará ganhou autonomia da Capitania de Pernambuco, em 1799. A independência cearense foi garantida por Carta Régia assinada pela Imperatriz de Portugal, D. Maria I, sob a justificativa do crescimento populacional e econômico apresentado pela até então capitania.

A legislação também determina que anualmente, nesta data, a realização de evento oficial da independência no município de Aquiraz, primeira capital do Estado do Ceará. 
Fonte: Cnews
Rogilson Brandão

Rogilson Brandão

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.