Governo do Estado se manifesta sobre morte de Teori

Diversas autoridades cearenses lamentaram a tragédia


O governador Camilo Santana (PT) e o Governo do Estado se manifestaram oficialmente sobre a morte do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Teori Zavascki. 

Em nota, Camilo afirmou lamentar profundamente a morte do ministro, que dedicou “grande parte da sua vida ao Direito”. “Teori Zavascki sempre pautou sua carreira jurídica pela atuação séria e justa, deixando representativo legado ao nosso Estado Democrático de Direito. Que Deus conforte a família e os amigos”, escreveu. 

Já o Governo do Estado classificou a morte como “uma inestimável perda para o nosso país”. “O Governo do Estado do Ceará lamenta a morte do ministro do Supremo Tribunal Federal, Teori Zavascki. O ministro sempre pautou sua carreira jurídica pela atuação séria, objetiva e justa, deixando representativo legado ao nosso Estado Democrático de Direito”. 

O deputado cearense Capitão Wagner (PR), líder da oposição na Assembleia Legislativa, também lamentou a morte de Teori. “Que Deus conforte a família e os amigos”. 

A presidente do Tribunal de Justiça do Ceará, desembargadora Iracema do Vale, afirmou que com o falecimento do ministro, o Brasil perde um magistrado “que prestou grande contribuição ao Judiciário nacional”. Ainda segundo a presidente, “sua partida precoce, aos 68 anos, deixa o País órfão de sua ética e dedicação à Justiça”.?

Teori foi advogado, juiz federal, desembargador, presidente do Tribunal Regional Federal, ministro do Superior Tribunal de Justiça, até chegar ao STF, em 2012. 
Fonte: Cnews
Rogilson Brandão

Rogilson Brandão

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.