Projeção é de receber 858 voos extras na Capital Cearense

O Pinto Martins deve receber 858 voos e 173.332 passageiros a mais do que o fluxo normal, de 19 de dezembro de 2016 a 31 de janeiro deste ano


            (Fluxo de pessoas deve crescer 71,65% nesta alta estação no aeroporto da Capital)

Está previsto para o Aeroporto Internacional Pinto Martins receber 858 voos e 173.332 passageiros a mais no período que vai de 19 de dezembro de 2016 até 31 de janeiro deste ano. Os montantes representam uma elevação de movimento de 33,22% em relação aos voos e 71,65% no volume de passageiros extras que chegam e partem da Capital do Ceará ante o ano passado.


Os dados são da Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero), responsável por administrar o Aeroporto de Fortaleza enquanto o equipamento não é concedido à iniciativa privada, o que deve ocorrer em março, com a realização de leilão. Conforme o levantamento, estão previstos 485 voos extras da Gol, 195 da Latam e 178 da Azul. Em comparação ao ano passado, o aumento de voos extras é de 165,02% para a Gol. Já Latam tem redução de movimentação em 16% juntamente com Azul (-21,5%).


Para o período de 19 de dezembro de 2016 a 31 de janeiro deste ano, a Gol deverá fechar com movimentação de 74.262 passageiros a mais, a Latam com 77.250 e a Azul com 21.820. Ante o ano passado, os dados representam aumento de 137,54% de movimentações extras para a Gol, 80,23% para a Latam e queda de 18,74% para a Azul.


De 2015 para 2016, as principais cidades em números de chegadas e partidas do Aeroporto de Fortaleza foram Guarulhos (SP), com 103, Campinas (SP), com 122, Recife (PE), com 34, Confins (MG), com 63, e Brasília (DF), com 46. Para este ano, a Infraero prospecta, sem revelar números, que os destinos com maior número de chegadas e partidas de Fortaleza se repitam, acrescentando-se apenas Foz do Iguaçu (PR).


Apenas no Réveillon, com dados ainda não consolidados, contabilizaram-se 432 pousos e decolagens entre quinta-feira, 29 de dezembro de 2016, e sábado. Os assentos ofertados para esse período, conforme levantamento da Infraero, foi de 70.858, contando embarques e desembarque. No mesmo período de 2015/2016 foram processados 452 voos e 58.392 passageiros. “Observa-se que o número de voos diminuiu e os assentos ofertados aumentaram. Isso se deve ao tipo de aeronave utilizada. Agora, as cias (companhias) aéreas têm usado aviões maiores”, informou, por meio de nota, a Infraero.

Ocupação

Eliseu Barros, presidente da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis no Ceará (ABIH-CE), diz que a estimativa é que os 60 associados à entidade fechem janeiro com ocupação de 75%, ante os 85% vistos no mesmo período do ano anterior. Isso representa uma expectativa de queda na ocupação de 11,76%.

Fonte: JORNAL O POVO ONLINE
Rogilson Brandão

Rogilson Brandão

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.