Temer lamenta 'episódio trágico' de Manaus e ressalta que governos estaduais são responsáveis por presídios


O presidente Michel Temer se manifestou publicamente pela primeira vez sobre a matança em presídios de Manaus, que terminaram com a morte de 60 detentos. Classificada por ele como "acidente pavoroso", Temer disse nessa quinta-feira (5) em Brasília que a responsabilidade sobre presídios é do governo estadual.

Temer abriu sua fala lamentando o "episódio trágico", e ele enfatizou que são os governos estatuais os responsáveis por cuidar dos presídios. "Quero registrar que, fundamentalmente, a tese do controle penitenciário cabe ao Estado".

Temer, porém, evitou responsabilizar diretamente o governo do Amazonas e lembrou o fato de o presídio ser administrado por uma empresa terceirizada.

"Vocês sabem que, lá em Manaus, o presídio era terceirizado, privatizado, né? E, portanto, não houve, por assim dizer, uma responsabilidade digamos muito objetiva, muito clara, definida dos agentes estatais. Claro que os agentes estatais haveriam de ter informações."

Segundo o presidente, o ministro da Justiça, Alexandre de Moraes, utilizou todos os dispositivos do governo federal na questão. "Mas não basta o diagnóstico do que aconteceu e do que não aconteceu. É preciso agir, é preciso executar", declarou.
Fonte: Ceará News7
Rogilson Brandão

Rogilson Brandão

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.