Ceará: Morador de Caucaia aproveita chuva para “pescar” na rua

Devido à grande quantidade de água acumulada, formou-se pontos de alagamentos em vários pontos da cidade


Uma foto com um homem circulando em um pequeno bote em uma via de Caucaia, Região Metropolitana de Fortaleza, está gerando repercussão nas redes sociais. O flagra ocorreu nesta terça-feira (31), na avenida Ulisses Guimarães, no bairro Iparana. A via, dá acesso às praias conhecidas em todo o Estado, como Tabuba e Icaraí.

Hoje, o município registrou 10,6 milímetros, segundo a Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme). Devido à grande quantidade de água acumulada, formou-se pontos de alagamentos em vários pontos da cidade. O morador, percebendo a situação em que se encontrava uma das vias, posicionou-se dentro do bote e com uma rede de pesca, brincou na água acumulada, insinuando que pescaria no trecho. 

Perigo

Apesar de parecer divertida, a brincadeira é muito perigosa para a saúde humana. De acordo com um levantamento do Ministério da Saúde referente a 2005, mais de 3.600 casos de leptospirose foram registrados na época. A doença é causada pela bactéria leptospira, transmitida pela urina do rato, que frequentemente está presente nas águas acumuladas. Os sintomas são febre, dor de cabeça, fraqueza e dores no corpo. 

A febre tifóide, causada pela bactéria salmonela, é outra doença que pode ser adquirida com no contato com água acumulada. A doença pode causar óbito, caso não seja tratada adequadamente. 

As águas da chuva ainda trazem o risco de hepatite viral tipo A. Embora os sintomas se pareçam com o de uma gripe comum (fraqueza e mal-estar), são doenças diferentes. O paciente pode ficar com olhos e pele amarelados. De acordo com o infectologista Boaventura Queiroz, a população pode se prevenir deste tipo de gastrenterite viral por meio de vacinação.
Fonte: Cnews
Rogilson Brandão

Rogilson Brandão

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.