Cidades cancelaram o Carnaval 2017 após não receber financiamento do Estado.

Após o governador Camilo Santana vetar patrocínio de recursos estaduais às festas por causa da seca e crise financeira, prefeitos pretendem cancelar festas ou buscam parceria privada para custear Carnaval
Pelo menos 21 prefeituras do Estado não vão custear o Carnaval com dinheiro público neste ano, após o Governo do Estado suspender o uso de recursos públicos para a folia. A Prefeitura de Fortaleza já informou que vai repassar o dinheiro para a festa, mas outras dez cidades do interior sinalizaram que não terão Carnaval.
Municípios como Beberibe, Paracuru, São Benedito e Aracati também devem investir no Carnaval, mas isso com parcerias privadas. Na manhã desta quinta-feira, 26, as prefeituras de Paracuru e Beberibe informaram que devem repassar informações sobre a festa em breve. A Prefeitura de Aracati foi procurada, mas as ligações não foram atendidas.
Os prefeitos de Maranguape e de Iracema, por sua vez, disseram que vai haver festa nas cidades, mas elas não serão custeadas pela Prefeitura.

Municípios que fazem festa se conseguirem patrocínio privado:
1. Santana do Acaraú
2. Choró
3. Crato
4. Tarrafas
5. Maranguape
6. São Luís do Curu
7. Jaguaribara
8. Crateús
9. Iracema


Municípios que fazem festa com dinheiro público:
10. Fortaleza

Municípios que sinalizaram que não terão Carnaval: 
11. Milhã
12. Jati
13. Morrinhos
14. Chorozinho
15. Independência
16. Pentecoste
17. Russas
18. Ibaratema
19. Redenção
20. Saboeiro
21. Milagres
22. Orós

Fonte: www.opovo.com.br
Rogilson Brandão

Rogilson Brandão

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.