Hoje, quarta-feira, 08 de fevereiro, é dia do Magistério Militar.

Neste, 08 de fevereiro estamos no 39º trigésimo nono dia do ano. Temos pela frente 326 dias para concluir o ano 2017.

A base para uma sociedade pautada em valores essenciais para o desenvolvimento humano e social está em uma educação de qualidade. E as Forças Armadas têm assumido um papel fundamental nessa jornada.

A partir do século XIX, após a chegada de D. João VI, com toda a sua Corte, ao Brasil, o Sistema de Ensino brasileiro avançou sobremaneira, principalmente na área militar, que tem sido sinônimo de excelência desde a Academia Real Militar, fundada em 1810. O ensino militar, mais que instrução de caráter puramente militar, preocupa-se com todos os campos do conhecimento, buscando dar ao futuro oficial ou praça e alunos de colégio militar uma bagagem cognitiva.

E esse é o contexto que marca o Magistério do Exército, cujo dia é um tributo ao nascimento do ilustríssimo Marechal Trompowski, ocorrido em 8 de fevereiro de 1853. Esse histórico personagem, o mais digno representante dessa lide profissional, é um exemplo de educador e de cidadão, desde a mais tenra idade, quando já se destacava nos estudos, demonstrando sólido preparo intelectual e cultural, além de uma ávida vocação para o Magistério.

Roberto Trompowsky Leitão de Almeida nasceu na cidade de Desterro, Santa Catarina (atual cidade de Florianópolis), e ingressou no Exército em 29 de dezembro de 1869, aos 16 anos de idade, como praça do 1º Batalhão de Artilharia a Pé no Rio de Janeiro, de onde saiu para cursar a Escola Militar também no Rio de Janeiro. Sua aptidão para o Magistério começou a despontar logo após a conclusão de sua formação como oficial.

Sua carreira sempre esteve voltada para a atividade de ensino-aprendizagem. Depois de ser promovido a Primeiro Tenente, em 1876, habilitou-se em Ciências Físicas e Matemáticas, passando a dominar também essa área de conhecimento. Permaneceu na Escola Militar da Praia Vermelha para exercer a cátedra de Geometria e Cálculo. No posto de Capitão, foi professor-assistente de Geometria Analítica e Cálculo do então aluno Benjamin Constant. Nomeado professor da Escola de Comando e Estado-Maior do Exército, tornou-se um dos mais brilhantes docentes desse Estabelecimento de Ensino. No posto de Tenente-Coronel, comandou o Colégio Militar do Rio de Janeiro, demonstrando pendor, também, para a administração escolar.

Sábio professor, reconhecido internacionalmente por seus talentos, ocuparia, já no posto de Coronel, o alto cargo de comandante da Escola Militar da Praia Vermelha, função que desempenhou com elevada destreza. Após o que, afastou-se temporariamente das lides educacionais, recebendo, como incumbência, a Aditância Militar junto à Grã-Bretanha, Suíça e Itália. Pouco depois, ainda no exterior, recebeu a missão de delegado técnico, assessorando o insigne Rui Barbosa, em Haia, na Conferência Internacional da Paz.

Trompowski ascendeu ao generalato e desempenhou a função de Comandante da 3ª Brigada de Artilharia (Cruz Alta/RS) e da 2ª Brigada de Cavalaria (Alegrete/RS).

Em 8 de fevereiro de 1919, aos 66 anos, foi reformado compulsoriamente no posto máximo da hierarquia militar – Marechal – após 50 anos de destacados serviços prestados à Nação e com a certeza do dever cumprido.

O Marechal Trompowski foi reconhecido como um dos maiores matemáticos de sua época. Exímio exemplo de dedicação e empenho, principalmente no que concerne à docência, à pesquisa e à modernização dos estabelecimentos de ensino militares. Veio a falecer em 2 de agosto de 1926, aos 73 anos de idade, deixando suas obras dispersas em diversos países, tanto aqui na América, quanto na Europa.

Além de Patrono do Magistério do Exército, título atribuído pelo Decreto nº 51.249, de 13 de março de 1962, Trompowski foi, ainda, Patrono da Associação de Professores Militares do País. Em reconhecimento por seu destaque na vida profissional e pessoal, dentro e fora do País, seu nome designa diversas ruas e estabelecimentos de ensino pelo Brasil. Em sua homenagem, o Exército Brasileiro criou a medalha Marechal Trompowski, destinada a cidadãos ou instituições que mereçam destaque por relevantes contribuições ao ensino militar.

Aos integrantes do Magistério do Exército, nossos cumprimentos pela passagem de seu dia. Que o exemplo de seu patrono sirva de inspiração para o exercício de tão devotada e importante missão!


FONTE: EB
Rogilson Brandão

Rogilson Brandão

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.