Temer autoriza envio de tropas das Forças Armadas ao RJ para reforçar segurança

O Palácio do Planalto informou nesta segunda-feira (13) que o presidente Michel Temer autorizou o envio de tropas das Forças Armadas ao Rio de Janeiro para reforçar a segurança pública.

Embora tenha anunciado o envio das tropas, a Presidência não informou alguns detalhes, como quantos segurança militares se deslocarão para o Rio, em quais localidades eles ficarão e por quanto tempo.

A expectativa do governo federal é que as tropas comecem a ser enviadas a partir desta terça (14). Segundo Pezão, os militares deverão permanecer na região "até depois do Carnaval".

Familiares de policiais militares estão nas portas de batalhões desde a semana passada e, nessas manifestações, pedem melhores condições de trabalho, pagamento do 13º salário e regime adicional de serviço (RAS).

Uma reunião no fim de semana entre o comando da PM e esses parentes de policiais terminou sem acordo.

Até o fim da tarde deste domingo (12), os familiares de PMs se concentravam nas portas de 29 dos 100 batalhões do estado. Segundo a PM, esses batalhões têm recebido apoio de outras unidades.

Cerca de 80 militares da Força Nacional já estão no Rio de Janeiro desde dezembro do ano passado para reforçar a segurança do Palácio da Guanabara, sede do governo estadual, e de rodovias no estado.

Espírito Santo

Na semana passada, houve um movimento semelhante no Espírito Santo. Familiares de policiais militares também ocuparam as portas de batalhões. O movimento durou pouco mais de uma semana e, nesse período, mais de 130 pessoas morreram no estado.

O governo federal também enviou tropas das Forças Armadas e da Força Nacional de Segurança para o estado com o objetivo de reforçar a segurança nas ruas.
 pedido de envio dos militares foi feito na manhã desta segunda pelo governador do estado, Luiz Fernando Pezão, durante reunião com Temer no Planalto. Fonte g1 Rio
Rogilson Brandão

Rogilson Brandão

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.