Violência deixou 47 mortos no fim de semana no Ceará, em acidentes de trânsito e assassinatos

A Região Metropolitana de Fortaleza apresentou a maior taxa de homicídios no período. Foram 13 casos


Acidentes de trânsito foram responsáveis por 13 das 47 mortes violentas no período

Ao menos, 47 pessoas tiveram morte violenta no Ceará no último fim de semana. O balanço ainda é parcial, mas revela que no período entre a última sexta-feira (3) e o começo da manhã desta segunda (6), foram registrados em todo o Estado, 34 casos de assassinatos e mais 13 óbitos em acidentes de trânsito.

A estatística mostrou que a Região Metropolitana de Fortaleza foi a área que apresentou maior taxa de homicídios no intervalo dos quatro dias. Foram 14 pessoas assassinadas nos seguintes Municípios: Caucaia (4 homicídios), Maracanaú (4), Chorozinho (2), Itaitinga, São Gonçalo do Amarante, Maranguape e Aquiraz.

Em Fortaleza, foram registrados sete homicídios nos seguintes bairros: Jardim Iracema (2), Barra do Ceará, Mondubim, Autran Nunes, São João do Tauape e Vila Velha.

Sertão

No Interior Norte, a Polícia fez o registro de quatro homicídios nos Municípios de Tamboril (2 casos), Paraipaba e em Itapiúna.

Já no Interior Sul, foram contabilizados nove homicídios nos seguintes Municípios: Limoeiro do Norte, Quixadá, Alto Santo, Jucás, Cedro, Crato, Russas, Quixelô e Juazeiro do Norte.

Acidentes

Treze pessoas perderam a vida no fim de semana em decorrência de acidentes de trânsito em rodovias federais e estaduais, além de vias rurais e urbanas (ruas, avenidas e estradas carroçáveis), sendo seis delas em sinistros envolvendo motocicletas.

Os óbitos ocorreram nos seguintes Municípios: Maranguape (2 vítimas, na CE-065), Quixeramobim (BR-020), Jaguaruana (CE-263), Icó (CE-282), Caucaia (Distrito de Jurema), Mauriti (Distrito de Palestina), Iguatu (Sítio Gameleira), Granja (Localidade de Cajueiro dos Coutinho), Sobral (estrada de acesso a Massapê), Crateús (Estrada das Queimadas) e Tauá (localidade de Cipó, Distrito de Gameleiras), além de Guaiúba (sede).
Fonte: FERNANDO RIBEIRO 
Rogilson Brandão

Rogilson Brandão

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.