Cofres vazios: prefeitos querem novo imposto sobre combustíveis.

Com quatro meses de mandatos, os atuais gestores deflagram a primeira mobilização nacional para pedir socorro ao Palácio do Planalto. A Frente Nacional de Prefeitos vai pedir ao Congresso a criação de um novo tributo sobre gasolina, álcool e gás natural para financiar o transporte nos municípios e aliviar os caixas municipais.
O pedido chega, segundo informação da Coluna Painel, do Jornal Folha de São Paulo, nesta terça-feira, às mãos do presidente da Câmara, Rodrigo Maia. Os prefeitos também vão cobrar a votação da proposta que torna obrigatório o reajuste do IPTU.  “Só brigar para tirar dinheiro do governo não vai adiantar”, diz o presidente da entidade, Jonas Donizetti (PSB), de Campinas.
O ex-presidente e atual assessor especial da Associação dos Prefeitos e Municípios do Ceará (Aprece), Expedito Nascimento, ao lado do presidente da entidade Gadyel Gonçalves, destacou a mobilização dos gestores para pressionar o Governo Federal a atualizar as transferências de recursos da União. Segundo Expedito, as despesas continuam subindo, enquanto a receita cai.
Com informações Jornal Folha de São Paulo

Fonte: http://www.cearaagora.com.br/site/cofres-vazios-prefeitos-querem-novo-imposto-sobre-combustiveis/
Rogilson Brandão

Rogilson Brandão

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.