Hoje, sábado, 29 de abril, é dia Internacional da Dança.

Neste, 29 de abril estamos no 119º centésimo décimo nono dia do ano. Temos pela frente 246 dias para concluir o ano 2017.

O Dia Internacional da Dança ou também chamado de Dia Mundial da Dança é comemorado anualmente em 29 de abril. A dança, juntamente com o teatro e com a música, é uma das artes cênicas principais desde a Antiguidade.
Desde os seus tempos de criação – ainda na Pré-História (com imagens gravadas nas paredes das cavernas), a dança era uma prática comum nas mais diversas situações. Por exemplo, na Grécia Antiga, a dança era utilizada no culto de algumas religiões, assim como no Egito Antigo, que era praticada a dança do ventre, para homenagear deuses.
Vista e considerada como a arte mais completa, a dança envolve seus dois colegas artísticos (teatro e música), bem como exprime a simplicidade e a emoção.
A dança é caracterizada pela movimentação corporal, através de movimentos que tanto podem ser pré-estabelecidos como improvisados. Ela tanto pode ser uma expressão artística como uma forma de lazer para distintas pessoas.
Uma pessoa pode expressar como está se sentindo através de uma dança, por isso, também é vista como um meio forte e importante de comunicação e de desenvolver ainda mais a criatividade de quem a pratica.
BENEFICIANDO-SE DA DANÇA
A dança pode proporcionar benefícios para o corpo, como, por exemplo, maior flexibilidade, pois para praticá-la, é necessário trabalhar o corpo de uma extrema. Quem inicia a prática da dança deve realizar alongamentos para permitir que os músculos fiquem mais preparados.
A dança traz força e resistência! O corpo, enquanto dança, está sendo forçado para ele fique resistente contra o peso corporal. Um corpo mais adaptado para essa arte sente menos dores e desconfortos musculares.
E acima de tudo, a dança proporciona bem-estar físico e mental. Essa prática é interessante pois traz um maior convívio com outras pessoas, estabelecendo novos contatos e amizades. Vê-se um aumento de bem-estar por compartilhar a mesma paixão pela prática com outros indivíduos, assim como estimula uma vida saudável e mais feliz.
ORIGEM DO DIA INTERNACIONAL DA DANÇA
Instituído pela Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (a UNESCO), através de seu Comitê Internacional de Dança (CID) em 1982, o Dia Internacional da Dança é uma homenagem ao professor, bailarino e ensaísta Jean-Georges Noverre.
A data lembra seu nascimento, em 29 de abril de 1727. Noverre é considerado um mestre do balé francês, como bailarino e professor.
Noverre é lembrado como autor de uma obra que relata, em um conjunto de cartas, o balé durante sua época. Sua obra também teve o acréscimo de textos voltados para a música e dança na antiguidade, assim como outros textos.
NA VIDA DE NOVERRE, A DANÇA SEMPRE ESTEVE PRESENTE, DESDE SUA ADOLESCÊNCIA.
Assim, como homenagem ao mestre francês, o Dia Internacional da Dança tem como objetivo trazer reflexão, principalmente para os artistas contemporâneos, em relação à valorização da diversidade, seus detalhes específicos e as diferentes linguagens da dança.
No Brasil, a data pode ser lembrada também como o nascimento de Marika Gidali, bailarina que foi cofundadora do Ballet Stagium, situado em São Paulo. A personalidade desta brasileira é lembrada com carinho no Dia Internacional da Dança.
Fonte: https://www.calendariobr.com.br/dia-internacional-da-danca#.WQRgIVErIdU


Rogilson Brandão

Rogilson Brandão

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.