Menos da metade dos petistas participam de eleição interna e queda preocupa cúpula

Nessa etapa são definidos os diretórios municipais, presidentes municipais e delegados estaduais em todo o país.

Estimativa preliminar da cúpula do PT mostra que cerca de 200 mil militantes participaram neste domingo da escolha de seus dirigentes e delegados municipais.
Esse total representa menos da metade do número de voantes do Processo Eleitoral Direto (PED) de 2013, quando pouco antes da explosão da Operação Lava Jato, o quorum foi e 420 mil, revela reportagem da Folha de S. Paulo desta segunda-feira (10).
Uma das justificativas apontadas pelo partido é que em 2013, para a escola da atual direção, houve eleição geral. Em 2017, o processo foi desmembrado, o que pode ter influenciado na redução de eleitores. Nessa etapa são definidos os diretórios municipais, presidentes municipais e delegados estaduais em todo o país.
Em maio, os delegados estaduais recém-eleitos escolherão diretórios e presidentes estaduais, que também elegerão os delegados do congresso de junho, quando será eleito o novo comando nacional do PT.

LEIA TAMBÉM:

Rogilson Brandão

Rogilson Brandão

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.