O Maior da história do país: Roubo de R$ 120 milhões mobilizou 60 assaltantes. “Cenas de terror” relata jornalista.

Durante o roubo, que possivelmente é o maior assalto da história do país, foram levados R$ 120 milhões. Com base no que disseram as testemunhas, autoridades do país acreditam que os assaltantes eram brasileiros.

CONFIRA O RELATO:
“O grupo de assaltantes era formado por cerca 60 pessoas, entre homens e mulheres, e a maioria falava português”. Por volta das 23h30 (horário local), o grupo chegou à região, entrou na casa em frente à transportadora e explodiu a área do primeiro piso da casa. Um homem e uma mulher, que moravam no local, se refugiaram embaixo da cama e ficaram lá por quatro horas, até os assaltantes irem embora.
Depois disso, os criminosos trocaram tiros com os seguranças da empresa de valores e com um policial que estava no local, que acabou sendo morto.
Em seguida, colocaram bombas ao redor da área para explodir a parede de concreto e chegar até os cofres. Eles fizeram dois buracos, um no primeiro andar e outro no segundo andar, e chegaram ao local que abrigava o maior cofre.
A parede voou, caiu no meio da rua, e eles conseguiram entrar na Prosegur e pegar o dinheiro.
Enquanto isso, outro grupo ateava fogo em cerca de 15 veículos, fechando o caminho que a polícia poderia usar para chegar ao local. Os criminosos também atearam fogo em veículos que estavam ao redor da delegacia de Ciudad Del Leste. Alguns veículos incendiados tinham placa do Brasil, e os carros usados na fuga também tinham placas brasileiras.
Os assaltantes estavam usando cerca de sete fuzis antiaéreos, além de granadas, fuzis com mira, coletes à prova de balas e ao menos três veículos blindados. Eles cercaram um raio de cerca de um quilômetro ao redor da seguradora, enfrentaram a polícia e abriram fogo contra civis que passavam pelo local. Três homens e uma mulher ficaram feridos, além de um policial.
O assalto terminou por volta das 3h da manhã, e testemunhas relatam o crime como “uma cena de terror”.

Fonte: http://cbn.globoradio.globo.com/editorias/policia/2017/04/24/CENA-DE-TERROR-COM-60-ASSALTANTES-RELATA-JORNALISTA-PARAGUAIA.htm
Rogilson Brandão

Rogilson Brandão

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.