Vítima foi esfaqueado após se recusar a entregar celular, afirma testemunha

Kildare teria sido agredido por três pessoas e, em seguida, esfaqueado por um quarto suspeito. Designer gráfico foi hospitalizado em estado grave mas não resistiu aos ferimentos.

O jovem Kildare Martins Rufino, de apenas 23 anos, teria se recusado a entregar o celular durante a tentativa de assalto, no último sábado, 8, na Praia de Iracema. Uma testemunha contou ao O POVO Online que o cearense chegou a ser agredido antes de ser lesionado a faca. Kildare morreu na manhã desta segunda-feira, 10, após ser internado em estado grave no Instituto Doutor José Frota (IJF).

A testemunha, que pediu para não ser identificada, relatou que cerca de 10 pessoas estavam em uma parada de ônibus, na av. Historiador Raimundo Girão, quando Kildare foi abordado por quatro pessoas. Conforme o relato, a vítima foi segurada e agredida por três pessoas, enquanto um quarto suspeito apontava "um facão" para Kildare. A abordagem aconteceu às 23h30.

O jovem, que estava a menos de 1 metro da vítima, diz que correu quando percebeu o assalto. "Kildare, no instante que eu olhei para trás, estava resistindo em entregar o celular mesmo com o facão apontado para ele", relata. "Quando olhei para trás (de novo) vi ele, no chão, sangrando".

Ainda de acordo com a testemunha, os suspeitos "aparentavam ser menores de idade". A vítima teria sido atendida por uma ambulância em cerca de 10 minutos e encaminhada ao IJF. Kildare Martins não resistiu aos ferimentos.
Até o momento testemunha não prestou depoimento à Polícia.

A Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) informa que a investigação está sendo realizada pela Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), mas não vai divulgar mais informações "para não comprometer o andamento dos trabalhos policiais".

Em nota, a SSPDS diz que o patrulhamento ostensivo no entorno do Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura é realizado pela Polícia Militar do Ceará, por meio do Batalhão de Policiamento Turístico (BPTur), a pé e motorizado e conta com um posto de comando avançado com funcionamento 24 horas, na praça Almirante Saldanha.

Ainda conforme a pasta, existe a proposta de transferir a sede da Delegacia de Proteção ao Turista (Deprotur) e do BPTur para a área da Praia da Iracema, "o que vai fortalecer o policiamento no entorno do Centro Dragão do Mar".
Fonte: www.opovo.com.br
Rogilson Brandão

Rogilson Brandão

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.