Cid e André Figueiredo para o Senado e Camilo para o Governo seriam os nomes do PDT para 2018.

Faltando mais de um ano para o pleito de 2018, as peças do xadrez político no Ceará começam a ser delineadas, pelo menos com relação ao grupo que hoje ocupa o Governo do Estado. Neste sábado, o ex-governador do Ceará e ex-ministro Cid Gomes (PDT) sinalizou a forma como seu partido se comportará nas eleições do próximo ano. Durante o Encontro Regional do PDT, em Itarema, neste sábado, Cid afirmou que deverá ser candidato ao Senado.
Acusado de ter pedido dinheiro ao empresário Wesley Batista, dono da JBS, para a campanha de Camilo Santana, Cid reafirmou que irá processar o empresário. O ex-governador observou que o PDT vai dar continuidade a coligação com o PT e lançará o governador Camilo Santana, como candidato a reeleição. Além disso, lembrou que o partido terá o ex-ministro Ciro Gomes, candidato a presidência da República.

O segundo nome do partido para a disputa do Senado, poderá ser o deputado federal André Figueiredo, presidente do PDT no Ceará, na avaliação do ex-governador. O encontro foi prestigiado pelo presidente da Assembleia Legislativa, deputado estadual Zezinho Albuquerque, lideranças políticas e partidárias da região. 

Fonte: Ceará Agora
Rogilson Brandão

Rogilson Brandão

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.