Osmar Serraglio não aceita ministério e volta para a Câmara.

Terça - feira, 30 de maio de 2017
Osmar Serraglio (PMDB-PR), ex-ministro da Justiça, decidiu não aceitar o convite do presidente Michel Temer (PMDB) para assumir o ministério da Transparência. Dessa forma, Serraglio voltará para a Câmara e o deputado Rodrigo Rocha Loures flagrado com uma mala de dinheiro pela Polícia Federal, perderá o foro privilegiado.
Loures era suplente de Serraglio e, com a volta do ex-ministro a Câmara, perde o posto.
No domingo (28), o Palácio do Planalto informou que faria uma troca de postos entre Serraglio e o então ministro da Transparência, Torquato Jardim. No entanto, desde então, Serraglio se manteve em silêncio e não confirmou que aceitaria o cargo. Torquato Jardim assumiu a pasta da Justiça.


Fonte: Blog do Eliomar de Lima
Rogilson Brandão

Rogilson Brandão

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.