Cerca de 1.000 pessoas participaram de caminhada contra o trabalho infantil em Itapajé.

Segunda – feira dia 12.06.2017
Com a participação de crianças e adolescentes das escolas municipais, a Prefeitura de Itapajé, por meio da Secretaria de Educação, realizou na manhã desta segunda-feira (12) uma caminhada alusiva à Erradicação do Trabalho Infantil.
Aproximadamente 1.000 pessoas participaram da caminhada, que teve como tema “Dia 12 de Junho, Dia Mundial ao Combate Infantil ”. A atividade teve saída na Avenida Osmar Bastos, em frente à escola Patronato São José, percorrendo as principais ruas da cidade em direção à Secretaria de Educação. Ao final, o público prestigiou apresentações artísticas alusivas à data.
As ações fazem parte do Programa de Educação contra a Exploração do Trabalho da Criança e do Adolescente (Peteca), coordenado pela professora Ruth Bastos, em Itapajé. 
O prefeito Dimas Cruz acompanhou toda a caminhada e reforçou a importância do momento. "Crianças e adolescentes precisam unicamente de estudo para chegarem a ser futuros cidadãos. Contudo, não podemos esquecer o direito ao lazer e ao lúdico como uma ferramento para o desenvolvimento mental e físico", afirmou.
Além do prefeito Dimas Cruz estiveram participando da caminhada, o secretário de Educação, Carlos Alixandre de Sousa; a vereadora Gláucia Araújo, a primeira-dama, Helena Cruz, diretores, técnicos da Educação, agentes de Trânsito, professores e alunos das escolas municipais. 

DIREITOS DAS CRIANÇAS E ADOLESCENTES

No Brasil, o trabalho infantil é permitido a partir dos 16 anos e a aprendizagem dos 14 aos 24 anos. Dos 16 aos 18 anos, o trabalho não pode ocorrer em atividades penosas, perigosas e insalubres.
O trabalho infantil acarreta prejuízos ao desenvolvimento físico, psíquico e cognitivo. As principais consequências são: atraso na aprendizagem, fracasso e abandono escolar, prejuízo ao desenvolvimento físico e a saúde tais como lesões, deformidades, fadiga excessiva, distúrbio do sono, irritabilidade e problemas respiratórios.
Fonte: Blog do Clésio Marques



Rogilson Brandão

Rogilson Brandão

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.