Defesa Civil de Alagoas e Pernambuco recebe R$ 30,9 milhões.

Sexta- feira dia 02.06.2017
O Ministério da Integração Nacional autorizou o repasse de R$ 30,9 milhões para ações emergenciais nos estados de Pernambuco e Alagoas. A portaria foi publicada em edição extra no Diário Oficial da União, nessa quinta-feira (1º).
As ordens bancárias já foram emitidas e a transferência dos recursos da Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil (Sedec) auxiliará os estados nas ações de ajuda humanitária à população afetada pelas fortes chuvas dos últimos dias.
Os recursos em favor do estado de Pernambuco, no valor de R$ 17,5 milhões, serão aplicados na aquisição de 22 mil cestas básicas, 331 mil galões de água, 11 mil kits de limpeza, 55,1 mil kits de higiene pessoal, 27,5 mil colchões, 11 mil cestas de alimentos de pronto consumo, locação de 28 veículos 4x4, 19,8 mil litros de combustível para abastecimento, locação de 20 caminhões para transporte do material, além de 120 rolos de lonas plásticas para contenção de encostas.
Já o estado de Alagoas receberá R$ 13,3 milhões para ações de socorro e assistência à população, que incluem a entrega de 8,8 mil cestas básicas, 532,5 mil galões de água, 8,8 mil kits de limpeza, 8,8 mil kits de higiene, 17,7 mil colchões, 1,2 mil kits infantis, 1,7 mil kits idosos, 17,7 mil kits dormitórios e 75 lonas plásticas para contenção de encostas.
Todas as metas solicitadas pelos dois estados para assistência humanitária à população foram atendidas. Para a segunda fase, o Ministério da Integração Nacional ainda aguarda o envio dos Planos de Trabalho de Pernambuco e Alagoas a fim de auxiliar os governos dos estados e dos municípios afetados no restabelecimento de serviços essenciais.
Hospitais de campanha
Além dos recursos para ajuda humanitária, foram instalados hospitais de campanha do Exército Brasileiro nos dois estados, que ficarão à disposição dos por 180 dias.
As estruturas ficarão situadas nos municípios de Rio Formoso (PE) e Marechal Deodoro (AL) e terão capacidade para atender cerca de 150 pessoas por dia, nas especialidades de pronto atendimento, triagem, clínica geral, pediatria, infectologia, gastroenterologia, ortopedia e internação. A ação terá o investimento de R$ 4 milhões e está sendo executada pelo Exército Brasileiro.

Fonte: Porta Brasil
Rogilson Brandão

Rogilson Brandão

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.