Maioria no TSE deve votar contra uso de delações no processo da chapa Dilma-Temer.

Quinta – feira dia 08.06.2017
Após quase duas horas de sessão no TSE, o ministro Tarcisio Vieira Neto, que ainda não havia se manifestado nesta semana, pediu para falar e indicou que se posicionará em linha contrária à do relator, Herman Benjamin. Isso indica a formação de um placar de 4 a 3 no plenário, contra a inclusão de depoimentos de ex-executivos da Odebrecht no processo que pode cassar a chapa Dilma-Temer.
O resultado, apesar de ser visto como um indício de vantagem para a absolvição da chapa, não significa que o colegiado irá salvá-la. A votação sobre a cassação é independente e deve ocorrer adiante. 
Ao falar sobre a inclusão da Odebrecht no caso, disse que não é lícito "variar o campo da ação", já que isso traz o risco de causar "surpresas" em um processo. Assista à sessão desta manhã:

Fonte: Diario do Nordeste


Rogilson Brandão

Rogilson Brandão

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.