Empate sem graça - Fortaleza 1 x 1 Cuiabá


Enfadonho é provavelmente o adjetivo que mais se aplique ao empate por 1 a 1 entre Fortaleza e Cuiabá na noite de ontem no Castelão, válido pela 14ª rodada da Série C do Brasileiro. Em jogo marcado pela pobreza técnica e uma quase total ausência de emoções, o Fortaleza saiu de campo com resultado frustrante para os 9.341 torcedores que se deram o trabalho de pagar ingresso e ir ao estádio.

Eles até viram Ronny abrir o placar, mas voltaram para casa resignados com o gol de empate marcado por Bileu. Com o resultado, o Fortaleza chega a 23 pontos e perde uma posição na tabela do Grupo A. Agora terceiro colocado, o Leão ainda tem situação tranquila quanto à classificação para o mata-mata, visto que tem cinco pontos de vantagem para o Remo, 5º colocado. Além disso, o time do Pici chega a cinco partidas sem perder.

Na próxima rodada, o Fortaleza tentará ampliar a sequência invicta diante do Sampaio Corrêa, justamente o time que tomou a vice-liderança do Leão. A partida no estádio Castelão, em São Luís, está marcada para as 20 horas do próximo sábado, 19.

Se quiser fazer frente ao vice-líder Sampaio Corrêa, o Fortaleza terá de mostrar um desempenho oposto ao apresentado contra o Cuiabá. O time de Paulo Bonamigo mal visitou a área adversária nos 45 minutos iniciais. Não chega nem a ser possível enumerar os méritos da defesa mato-grossense diante de um meio-campo e um ataque com atuação tão inoperante.

Dono agora de nada menos que dez empates em 14 jogos, o Cuiabá apenas esperava o tempo passar para confirmar o resultado de igualdade no qual está mais que habituado na Série C. Sem falar de um gol mal anulado por impedimento aos nove minutos do primeiro tempo.

GOLS, APESAR DE TUDO

No segundo tempo, mesmo parecendo quase impossível, a qualidade técnica baixa seguiu semelhante. Passes errados que se repetiam constantemente no meio-campo e goleiros sem mostrar muito serviço mantinham a tônica do duelo.

Uma mexida de Paulo Bonamigo acabou se mostrando determinante para sair minimamente do marasmo. Aos 34, sete minutos após entrar em campo, Ronny aproveita bobeira da defesa visitante para abrir o placar. Um sopro de alívio para quem já contava em sair do Castelão com o resultado sem gols.

A sensação era de que a calmaria de antes seria suficiente para manter a vitória tricolor. Mas a defesa leonina retribuiu o vacilo defensivo e permitiu a igualdade no placar. Como quem não quer nada, Bileu roubou a bola de Wellington Reis e tocou na saída de Boeck, enquanto os jogadores do Fortaleza reclamavam do árbitro sabe-se lá por quê.

Depois do apito final, jogadores do Fortaleza e do Cuiabá se desentenderam no meio do campo, mostrando uma disposição maior para a confusão do que a apresentada nos melancólicos 90 minutos de futebol. Após empurra-empurra e princípio de confusão, os ânimos foram controlados.

SÉRIE C 2017

FORTALEZA 1
TÉCNICO: PAULO BONAMIGO
(4-3-3): Marcelo Boeck, Felipe, Rodrigo Mancha, Ligger e Bruno Melo; Wellington Reis, Pablo e Éverton (Ronny); Hiago (Jô), Lúcio Flávio (Vinícius Baiano) e Paulo Sérgio.

CUIABÁ 1
TÉCNICO: MOACIR JÚNIOR
(4-4-2): Henal, Bruno Moura, Douglas Mendes, Heverton e Rafael Estevam; Carlão, Bileu, Alê (Robinho) e Pereira (Élton Martins); Elias e Bruno Sávio (Daniel Amorim).

Local: Estádio Castelão, Fortaleza-CE
Data: 13/8/2017
Horário: 18 horas
Árbitro: Marco Aurélio Ferreira (MG)
Assistentes: Magno Lira (MG) e Breno Rodrigues (MG)
Gols: Ronny (34/2T); Bileu (41/2T)
Cartões amarelos: Bruno Sávio (C), Bileu (C), Ligger (F)
Público: 9.341 pagantes (279 não pagantes)
Renda: R$ 81.976
Fonte: Jornal O Povo Online
Rogilson Brandão

Rogilson Brandão

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.