Justiça condena Ciro a pagar R$ 30 mil por danos morais ao presidente Temer

Presidenciável afirmou que Temer pertence ao “lado quadrilha do PMDB”. É a segunda derrota do ex-ministro contra o presidente na Justiça.

O juiz Jayder Ramos de Araújo, da 10ª Vara Cível de Brasília, condenou o presidenciável Ciro Gomes (PDT) ao pagamento de R$ 30 mil ao presidente Michel Temer por danos morais. A decisão foi decretada no último dia 28 de julho.
“Julgo procedente o pedido para condenar o requerido a pagar ao autor, a título de danos morais, a importância de R$ 30.000,00 (trinta mil reais), corrigida monetariamente pelo INPC a partir desta data e acrescida de juros legais de 1% ao mês a contar do evento danoso (14/12/2015).
Ciro, em entrevista cedida no dia 14 de dezembro de 2015, afirmou que Temer faz parte do “lado quadrilha do PMDB” e chamou o peemedebista de “capitão do golpe”, fazendo referência ao impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff (PT).
“Condeno o requerido ao pagamento das custas processuais e dos honorários advocatícios que arbitro em 10% (dez por cento) sobre o valor da condenação, na forma do artigo 85, caput e § 2º, do NCPC”.
Ciro ainda tentou recorrer e trancar o processo, mas seu pedido foi negado pelo Tribunal Regional Federal da 1ª Região. Com a sentença, é a segunda vez que Ciro e seu escritório de advogacia são derrotados na Justiça pelo presidente.

Matéria com a sentença clique no link abaixo:
http://cearanews7.com/justica-condena-ciro-pagar-r-30-mil-por-danos-morais-ao-presidente-temer/
Rogilson Brandão

Rogilson Brandão

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.