Ceará perde força como visitante na Série B do Brasileiro


Sete gols em duas partidas. O histórico recente de jogos do Ceará atuando longe de seus domínios na Série B do Brasileiro deixou marcas que o time prefere esquecer. Depois de despontar como uma das duas melhores campanhas como visitante no campeonato, o Alvinegro vive um momento de baixa atuando fora de casa e vem agora de uma sequência de duas derrotas seguidas, para Boa Esporte (4 a 1) e Londrina (3 a 2).  

Agora, em um total de 12 jogos como visitante na competição, o clube tem cinco vitórias, dois empates e cinco derrotas, perfazendo um aproveitamento de 47,2% dos pontos disputados. Ainda é o 4° melhor rendimento entre os 20 participantes da Série B, só atrás de Internacional, América-MG e Vila Nova-GO. O desempenho como visitante rendeu ao time 17 dos 37 pontos que o Vovô já conquistou no campeonato.  

Agora, o Vovô volta suas atenções para as disputas em casa, já que dois jogos seguidos como mandante: América-MG, na sexta-feira, e Brasil de Pelotas-RS, no dia 23 de setembro. COLETIVO 

O técnico Marcelo Chamusca começou a esboçar o time para o jogo contra o América-MG. Ontem, o treinador comandou um coletivo na Arena Castelão promovendo duas mudanças na equipe titular em relação ao jogo passado, contra o Londrina.  

Richardson, que volta de suspensão, ocupou a vaga de Raul na equipe. Já Ricardinho entrou no posto de Lelê, reposicionando o time ao esquema tradicional de 4-4-2.  

A formação utilizada contou com Éverson; Cametá, Luiz Otávio, Rafael Pereira e Romário; Richardson, Pedro Ken e Ricardinho; Élton, Leandro Carvalho e Lima.  
No decorrer da atividade, Chamusca sacou o meia Ricardinho e colocou Rafael Carioca, que pode jogar aberto pela esquerda, assim recuando Lima para o meio-campo.
Fonte: O Povo Online
Rogilson Brandão

Rogilson Brandão

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.