Polícia elucida dois crimes e prende suspeitos


A Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) divulgou em coletiva realizada nesta quinta-feira (21), a elucidação de dois casos. O primeiro crime aconteceu no dia 18 de julho, quando Alan Marcos Alexandre de Farias, que era paraplégico, foi executado a tiros em sua cadeira de rodas.

Conforme a DHPP, os suspeitos foram identificados como Francisco José Sousa Silva e Francisco Joabe Honorato, ambos seriam traficantes que atuam no bairro Floresta e adjacências. Segundo a Polícia, a dupla teria executado Alan Marcos por ele ter tentado comprar drogas na região, mas era conhecido por ter amigos na facção criminosa rival.

Já o segundo caso elucidado foi o de um crime ocorrido no dia 29 de abril deste ano. A adolescente Aurigélia Gomes da Silva, de 17 anos, foi morta a tiros por Darlan Gaubiraba Lemos, de 21 anos, que foi preso por meio de mandado de prisão. O mandante do crime, identificado como Michellan Rodrigues Barbosa, de 28 anos, já se encontra preso desde o dia 30 de agosto, por outros crimes. O suspeito teria confessado ser o mentor do crime.

Segundo a delegada Cláudia Guia, a motivação do crime seria a disputa pelo território do tráfico de drogas. De acordo com as investigações da Polícia, Michellan teria mandando matar Aurigélia porque ela seria traficante de uma facção rival e estava vendendo dentro de seu território, no bairro Floresta. 
Fonte: Cnews
Rogilson Brandão

Rogilson Brandão

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.