Aécio responde ultimato de Tasso e aceita deixar presidência junto com cearense

Senador cearense afirmou que mineiro “não tem condições” de permanecer cargo. Racha no partido se agravou

O senador Aécio Neves (PSDB) respondeu, nesta sexta-feira (20), ao ultimado do presidente interino tucano, Tasso Jereissati, afirmou que renuncia à presidência do partido permanentemente, mas com uma condição: que o senador cearense também deixe o comando interino.
Na noite de quarta-feira (19), Tasso, após buscar apoio do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB) e do governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), declarou que ou Aécio renunciava ao cargo, ou ele renunciaria. O cearense afirmou ter chegado “ao limite” na queda de braço contra o grupo o político de Aécio, principal fiador da manutenção do PSDB na base de Michel Temer (PMDB).

Agora, os caciques tucanos buscam uma maneira de contornar a situação e ficar em cima do muro, como é característico do partido, até a convenção de dezembro, quando haverá nova eleição do presidente da legenda.
Fonte: cearanews7.com
Rogilson Brandão

Rogilson Brandão

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.