Fortaleza em busca do título da Série C do Campeonato Brasileiro

O torcedor do Fortaleza que for ao Castelão hoje, certamente, está feliz. Ele verá pela primeira vez, em campo, o time que conseguiu acabar com o sofrimento dos últimos oito anos e devolver o Tricolor à Série B do Brasileiro. Não tenha dúvida que o clima será de muita alegria. Mas se engana quem pensa que será só de celebração. Para que a festa seja completa, o Tricolor terá de vencer o Sampaio Corrêa, às 20h45min, quando iniciará a primeira metade da semifinal da Série C e tentará chegar à final.

Jogadores, comissão técnica e dirigentes leoninos sabem que o Tricolor tem a missão de construir uma vantagem no caminho para a final. Assim como foi na decisão contra o Tupi-MG, fazer um bom resultado em casa é o crucial para garantir tranquilidade e jogar a pressão no rival para o 2º e decisivo jogo, no próximo sábado, 7, em São Luís-MA.

“O Fortaleza busca esse título de Campeonato Brasileiro na sua história. Claro que o objetivo principal era o acesso, mas temos mais um pela frente e sabemos que se conseguirmos esse título poderemos ficar eternizados no clube, até porque vai ser o primeiro título brasileiro na história”, ressaltou o treinador Antônio Carlos Zago. Ele mandará a campo, praticamente, o mesmo time que iniciou os dois jogos contra o Tupi, com apenas uma mudança.

O único desfalque é o zagueiro Ligger, suspenso pelo terceiro cartão amarelo da série. Edimar retoma titularidade e formará dupla de zaga com Adalberto.

CASA CHEIA

Mesmo com o jogo sendo realizado na noite desta segunda-feira, a expectativa da diretoria leonina é de Castelão lotado.

“É o primeiro jogo depois do acesso. Uma semifinal de Campeonato Brasileiro contra o Sampaio, adversário sempre difícil. A gente espera que o torcedor chegue junto e tenho certeza, chegará. Houve uma diminuição dos valores de todos os setores em relação à partida contra o Tupi para incentivar os torcedores a estarem lá com a gente”, convocou Marcelo Cruz -vice-presidente do Fortaleza.

Até ontem, mais de nove mil ingressos haviam sido vendidos antecipadamente. Fora as adesões ao programa sócio-torcedor que ultrapassaram as duas mil no mês de setembro, totalizando cerca de oito mil adimplentes.

RIVAL COMPLICADO

O Sampaio Corrêa terminou a primeira fase como líder do Grupo A e conseguiu a classificação à Série B depois de ter vencido o Volta Redonda por 1 a 0, fora de casa, e empatado em 1 a 1, no estádio Castelão, em São Luís-MA.

Jogando fora de casa, o Sampaio é muito forte. Melhor visitante de toda a competição, o time só foi derrotado apenas uma vez, pelo próprio Fortaleza. A equipe maranhense tem se caracterizado por utilizar uma proposta de jogo reativa, apostando nos contra-ataques rápidos puxados por Marlon e Felipe Marques. O principal destaque para o jogo de hoje é o retorno do atacante Isac (ex-Icasa, Horizonte, Guarany de Sobral e Itapipoca). Ele é o artilheiro do “Bolívia Querida” na Série C, com sete gols marcados.

SÉRIE C 2017

FORTALEZA 4-4-2: Marcelo Boeck; Felipe, Edimar, Adalberto e Bruno Melo; Anderson Uchôa, Pablo, Everton e Leandro Lima; Hiago e Lúcio Flávio TÉCNICO: ZAGO

SAMPAIO CORRÊA 4-4-2: Alex Alves; Pedro Costa, Odair Lucas, Maracás e Jefferson Recife; Zaquel, Diego Silva, Fernando Sobral e Marlon; Felipe Marques e Isac TÉCNICO: FRANCISCO DIÁ

Local: Arena Castelão, Fortaleza-CE
Data: 1/10/2017
Horário: 20h45min
Árbitro: Felipe Gomes da Silva (PR)
Assistentes: Luiz H Souza Santos Renesto (PR) e Diogo Morais (PR)
Ingressos: Cadeiras Superiores: R$ 40 (inteira); Cadeiras Inferiores Norte e Sul: R$ 50 (inteira); Bossa Nova e Setor Especial: R$ 60 (inteira); Setor Premium: R$ 120 (inteira)
Transmissão: Esporte Interativo, Rádio O POVO/CBN (FM 95.5 e AM 1010) e Tempo Real em www.opovo.com.br/esportes
Fonte: O Povo Online
Rogilson Brandão

Rogilson Brandão

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.