Número de apreensões de armas no Ceará é 96,9% maior do que o feito no mesmo período de 2016

O Batalhão de Policiamento de Rondas e Ações Intensivas e Ostensivas (BPRaio) da Polícia Militar do Estado do Ceará (PMCE) já retirou mais de mil armas de fogo de circulação em toda a extensão do território cearense, neste ano. O número de apreensões foi alcançado no período de janeiro até o último dia 6 de outubro de 2017. O número de apreensões é 96,9% maior do que o feito no mesmo período de 2016, quando foram apreendidas 513 unidades.

De acordo com a polícia, como parte das apreensões, há um revólver com capacidade para seis balas, que foi localizado com um homem acompanhado de uma mulher e duas crianças, na noite de segunda-feira (9).
Até a última sexta-feira (6), o BPRaio apreendeu um arsenal de 1.010 armas de fogo e mais 143 simulacros, que são réplicas de armas utilizadas como instrumentos de ameaça em ações criminosas como roubos. As ações do tipo também se refletem em capturas de suspeitos, como no flagrante de segunda-feira.

Flagrante

O revólver foi encontrado com um homem de 22 anos, que já responde a procedimento policial por receptação. Ele foi abordado pelos policiais militares, na Avenida Coronel Carvalho, em Fortaleza, quando trafegava em uma motocicleta com uma mulher e duas crianças. No momento da aproximação dos policiais, o homem demonstrou inquietação e logo assumiu estar armado – com um revólver municiado. Assim como o motociclista, outros 3.582 adultos e adolescentes foram capturados pelo BPRaio até o sexto dia deste mês de outubro, 40,9% maior do que no ano passado, quando foram capturadas 2.542 pessoas.

Tráfico de drogas

No mesmo intervalo de tempo, foram realizados 629 procedimentos por tráfico de drogas, contra 301 no ano anterior (+ 109%). O crescimento também foi registrado na quantidade de entorpecentes apreendidos. Em 2017, até o dia 06 de outubro, foram quase 100 quilos (99,932) de maconha, 20,168 de cocaína e 14,994 kg de crack. Já em 2016, as quantidades de drogas correspondem respectivamente a 84,634 kg, 8,172kg e 16,634 kg. Os valores apreendidos durante as ações policiais também subiram. Em 2017, os “Raianos” apreenderam R$ 532.921,85, contra R$ 229.080,15 no ano anterior.
Fonte: G1 CE
Rogilson Brandão

Rogilson Brandão

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.