Palanque de Camilo com Eunício e Cid pode marcar as eleições de 2018 no CE

As conversas estão avançadas e as ações conjuntas dão visibilidade para construção de uma aliança puxada pelo  Governador Camilo Santana (PT), pelo presidente do Congresso Nacional, senador Eunício Oliveira (PMDB),  e pelo ex-governador Cid Gomes (PDT) na disputa das eleições de 2018. O quadro pré-eleitoral indica que Camilo concorrerá a um novo mandato, enquanto Eunício quer a reeleição ao Senado e Cid é citado, também, como candidato a senador.

As informações dos bastidores políticos apontam que a parceria administrativa entre Camilo e Eunício pode ter como desdobramento uma aliança eleitoral. Camilo e Eunício entram o ano colhendo resultados das articulações que os colocaram do mesmo lado para atrair verbas e obras do Governo Federal para o Ceará.

Com a força de presidente do Congresso Nacional e sintonizado com o Palácio do Planalto, o senador Eunício Oliveira quebrou barreiras e abriu as portas do Governo Federal para o governador Camilo Santana e o prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio (PDT), terem projetos e obras agilizadas.

O ex-governador Cid não participou dessas movimentações no campo administrativo, mas deu aval para Camilo e Roberto avançarem nas conversas com Eunício por entender que, em primeiro lugar, devem estar os interesses da população. Cid entendeu a necessidade da união administrativa das forças políticas do Ceará para o Estado e os Municípios terem benefícios da União.

Um desses benefícios é a construção do Hospital Regional do Vale do Jaguaribe, com sede em Limoeiro do Norte. A obra foi lançada pelo governador Camilo com a presença de Eunício e os recursos para tirá-la do papel são originários de um empréstimo internacional contratado pelo Governo do Estado junto ao Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) no valor de US$ 123 milhões – aproximadamente R$ 370 milhões.

Outra ação na área de saúde, construída a partir da movimentação de Camilo e Eunício, é a ampliação dos serviços oferecidos pelo Hospital Regional do Sertão Central, com sede na cidade de Quixeramobim. O Hospital, inaugurado no final do segundo mandato do então Governador Cid Gomes, funciona com limitações, mas, a partir deste ano, terá uma verba extra anual de R$ 30 milhões da União. O dinheiro foi garantido pelo presidente do Senado a pedido de Camilo.

Em Fortaleza, o VLT (Veículo Leve sobre Trilhos) está com obras mais aceleradas após a articulação de Eunício para destravar recursos da Caixa Econômica Federal. O presidente do Senado já antecipou, também, que o Metrô de Fortaleza terá verbas destinados pela CEF e  do BNDES.

A construção do Metrofor está parada há mais de quatro anos e, segundo Eunício, um empréstimo de R$ 1 bilhão para o Governo do Estado garantirá a retomada da obra do transporte coletivo da Capital. Camilo, Eunício e Roberto já garantiram, também, recursos do Governo Federal para a construção de viadutos e melhoria de corredores de trânsito de Fortaleza. A engrenagem administrativa montada por Camilo e Eunício podem uní-los no mesmo palanque nas eleições de 2018 no Ceará.
Fonte: www.cearaagora.com.br
Rogilson Brandão

Rogilson Brandão

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.