Em congresso de prefeitos, Ciro se irrita com tempo de fala e recebe vaias

O pré-candidato Ciro Gomes (PDT) se irritou diante de uma plateia de prefeitos e deixou o palco sob vaias no Congresso Mineiro de Municípios, em Belo Horizonte.

Ciro considerou pouco o tempo de cinco minutos de fala e de três minutos para resposta concedidos no evento e perdeu a cabeça quando foi interrompido após a primeira pergunta.
O formato é o mesmo para os sete pré-candidatos que participarão do evento.

Interrompido
A segunda pergunta, feita em seguida, era semelhante, e ele se indignou pois foi interrompido ao falar sobre aquele assunto. “Eu estava respondendo e fui interrompido na resposta para em seguida me perguntarem a mesma coisa. Vocês acham isso razoável?”, questionou.

Cinco minutos
Segundo Ciro, ele não foi avisado de que teria somente cinco minutos para falar de temas importantes como tributos e federalismo. “Falar coisa séria por cinco minutos. Vocês acham delicado isso? Eu não sou demagogo”, disse Ciro, que costuma se alongar em exposições sobre economia nos eventos aos quais comparece. “A conversa fiada é solução pra qualquer tipo de problema”, ironizou.

Opa!
Diante do tom irritado de Ciro, a plateia começou a protestar, o que elevou a tensão. “Eu sou convidado de vocês. Escuta se não eu me retiro”, disse.

Aplausos
Foi aplaudido, porém, ao questionar a ausência de Jair Bolsonaro (PSL). “Cadê o Bolsonaro, por que ele não veio?”

Final
Diante da explicação de que teria mais cinco minutos para as considerações finais, Ciro apenas emendou: “muito obrigado a todos”, e saiu vaiado. Ele foi cercado por jornalistas, mas não comentou o episódio e deixou o local.
Fonte: www.politicacomk.com.br
Rogilson Brandão

Rogilson Brandão

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.