Em Itapajé! Ato de perseguição à servidores públicos: Servidora vence na justiça e será realocada ao seu cargo de origem.

Uma servidora efetiva da cidade de Itapajé que por não ter votado no atual Prefeito Municipal de Itapajé-CE, foi transferida de setor ao qual é concursada, sem o consentimento e não respeitando a lei vigente Municipal o que levou a Justiça determinar sua realocação imediata ao seu cargo de origem e seu setor de fato e de direito.

"Na origem, cuida-se de mandado de segurança impetrado por Joseline da Silva Sousa com vistas a desconstituir ato supostamente ilegal proferido pela Secretaria de Educação de Itapajé. Na peça exordial, a impetrante alega ter sido indevidamente removida de seu local de trabalho, sem a devida motivação do respectivo ato. Alega a necessidade de manutenção de sua lotação junto ao CAPEDI, tendo em vista a sua especialização no ensino de crianças espaciais".

Leia abaixo o documento com a determinação na integra:





Rogilson Brandão

Rogilson Brandão

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.