Quatro vereadores são presos em Capistrano por suspeita de fraude na administração pública

Quatro vereadores de Capistrano, a 104 km de Fortaleza, foram presos nesta sexta-feira, 8. Coordenada pelo Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE), em parceria com a Polícia Civil, a Operação Day Off, de combate a crimes contra a administração pública, cumpriu 12 mandados de busca e apreensão e seis mandados de prisão preventiva nas cidades de Capistrano e Maracanaú.

As ordens foram emitidas pelo juiz da Comarca do município. Além dos parlamentares, foram detidos um servidor da Câmara Municipal da cidade e a uma funcionária da União dos Vereadores do Ceará (UVC).

A investigação da Promotoria de Justiça da Comarca do Município, com auxílio do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), apura a prática de crimes de peculato, falsidade ideológica e documental, com características de organização criminosa, na concessão de diárias a agentes políticos e servidores da Câmara Municipal de Capistrano.

Indícios apontam que vereadores e servidores da Casa usavam procedimentos fraudados instruídos com documentos falsificados para receber diárias ilegais por viagens que, de acordo com os elementos apurados, nunca ocorreram.

Fonte: www.opovo.com.br
www.opovo.com.br/noticias/ceara/capistrano/2018/06/quatro-vereadores-sao-presos-em-capistrano-por-suspeita-de-fraude-na-a.html
Rogilson Brandão

Rogilson Brandão

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.