Carioca pode ver até janeiro maior árvore de Natal flutuante do mundo.

A atração deverá ser vista por milhares de pessoas até 6 de janeiro. É a maior árvore de Natal flutuante do mundo.

Com 70 metros de altura, a estrutura é enfeitada com o brilho de 900 mil lâmpadas coloridas de led.

O público pode andar de graça nos pedalinhos da lagoa e também em triciclos para duas pessoas, patrocinados por uma empresa de aplicativo de táxis.

Nos fins de semana, haverá shows, também de graça, em um palco montado no local. Neste domingo (2), será feita uma grande homenagem ao Dia Nacional do Samba.

A programação começa às 17h, com o grupo Flor do Samba, roda de samba formada por mulheres. Já às 19h, será a vez de Pretinho da Serrinha comandar o palco.

A árvore de Natal foi montada pela última vez em 2015, pois a falta de patrocínio impediu sua montagem em 2016 e 2017, interrompendo uma tradição de 20 anos.

A Árvore do Rio ficará acesa até o dia 6 de janeiro. O projeto cenográfico é de Abel Gomes. A construção envolveu 1.200 pessoas, entre produtores, engenheiros, técnicos e artistas.

A atração deverá ser vista por milhares de pessoas até 6 de janeiro. É a maior árvore de Natal flutuante do mundo.
Com 70 metros de altura, a estrutura é enfeitada com o brilho de 900 mil lâmpadas coloridas de led.

O público pode andar de graça nos pedalinhos da lagoa e também em triciclos para duas pessoas, patrocinados por uma empresa de aplicativo de táxis.

Nos fins de semana, haverá shows, também de graça, em um palco montado no local. Neste domingo (2), será feita uma grande homenagem ao Dia Nacional do Samba.

A programação começa às 17h, com o grupo Flor do Samba, roda de samba formada por mulheres. Já às 19h, será a vez de Pretinho da Serrinha comandar o palco.

A árvore de Natal foi montada pela última vez em 2015, pois a falta de patrocínio impediu sua montagem em 2016 e 2017, interrompendo uma tradição de 20 anos.

A Árvore do Rio ficará acesa até o dia 6 de janeiro. O projeto cenográfico é de Abel Gomes. A construção envolveu 1.200 pessoas, entre produtores, engenheiros, técnicos e artistas.
Fonte: agenciabrasil.ebc.com.br
Rogilson Brandão

Rogilson Brandão

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.