Orçamento prevê concurso para 43 mil vagas no serviço público federal

O Orçamento da União deste ano (Lei 13.808, de 2019) autoriza o preenchimento de 43.373 vagas no serviço público, além da criação de outros 4.851 novos cargos.
Esses postos de trabalho estão nos Três Poderes da União — Executivo, Legislativo e Judiciário, e também nas Policias Militar e Civil e no Corpo de Bombeiros do Distrito Federal. A autorização, no entanto, não significa que os concursos sejam realizados.
Vagas
Do total de vagas, 22.559 são para provimento de professores e técnicos administrativos em educação, de institutos e universidades de todo o país. O Orçamento 2019 dispõe de R$ 3,38 trilhões para investimentos, sendo R$ 351,35 bilhões destinados para gasto com pessoal, como os recursos para pensionistas e inativos.
A maior quantidade de cargos é destinada ao Poder Executivo, onde serão disponibilizadas 42.818 vagas. Já o Poder Judiciário será disponibilizará 2.973 cargos. Veja abaixo os órgãos federais que serão contemplados com as 48.224 vagas em 2019.
  • Supremo Tribunal Federal (STF): 38 vagas
  • Superior Tribunal de Justiça (STJ): 50 vagas
  • Tribunal Regional Federal (TRF): 625 novos cargos e 300 para provimento
  • Superior Tribunal Militar (STM): 30 vagas
  • Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e Tribunal Regional Eleitoral (TRE): 370 novos cargos e e 840 para provimento
  • Tribunal Superior do Trabalho (TST) e Tribunal Regional do Trabalho (TRT): 52 novos cargos e 632 para provimento
  • Conselho Nacional da Justiça (CNJ): 6 vagas
  • Câmara dos Deputados: 127 novos cargos e 197 para provimento
  • Senado Federal: 40 provimentos
  • Tribunal de Contas da União (TCU): 20 vagas
  • Ministério Público da União (MPU): 10 vagas
  • Conselho Nacional do MPU: 2 vagas
  • Defensoria Pública da União (DPU): 2.032 vagas
E ainda
Ainda de acordo com o projeto sancionado, 11.493 vagas devem contemplar cargos e funções que estão vagos sem especificações de órgãos. Deve ser realizado também seleções para o Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS), Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e Departamento Penitenciário (Depen), além de um processo seletivo da Polícia Rodoviária Federal (PRF). Das vagas anunciadas, 22.559 são para provimento de professores e técnicos administrativos em educação, de institutos e universidades de todo o país.
Com informações da Agência Senado
Rogilson Brandão

Rogilson Brandão

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.